Alexandre Vidal/Flamengo
Alexandre Vidal/Flamengo

Com oito rodadas de antecedência, Flamengo garante vaga na Libertadores

Time carioca alcança pontuação que o confirma no torneio continental do ano que vem. O Athletico-PR é outro clube assegurado na disputa

Leandro Silveira, O Estado de S.Paulo

04 de novembro de 2019 | 10h54

O futebol brasileiro já tem dois clubes garantidos na edição de 2020 da Copa Libertadores e ambos são rubro-negros. Após o Athletico-PR assegurar presença na edição do torneio continental com a conquista da Copa do Brasil, agora foi a vez de o Flamengo garantir sua presença através do Campeonato Brasileiro - e com oito rodadas de antecedência.

Ao vencer o Corinthians por 4 a 1, domingo, no Maracanã, o Flamengo chegou aos 71 pontos, na liderança folgada do Brasileirão, com oito de vantagem para o Palmeiras. Também passou a ostentar 26 de vantagem para o time paulista, hoje a última equipe fora da zona de classificação para a Libertadores. Saiba mais detalhes sobre o torneio continental.

Assim, o Flamengo vai disputar pela 16ª vez a Libertadores, sendo a quarta consecutiva. Campeão em 1981, justamente em sua edição de estreia no torneio, o clube carioca também participou da competição em 1982, 1983, 1984, 1991, 1993, 2002, 2007, 2008, 2010, 2012, 2014, 2017, 2018 e 2019.

Neste ano, o Flamengo ainda está envolvido na Libertadores. Após avançar na fase de grupos e eliminar Emelec, Internacional e Grêmio nos mata-matas prévios, vai decidir o torneio continental em decisão contra o River Plate, em Santiago, no dia 23 de novembro.

A conquista do título da Libertadores pelo Flamengo aumentaria de sete para oito o número de representantes do País na competição. De qualquer forma, são seis vagas distribuídas através do Brasileirão e uma pela Copa do Brasil. No momento, as outras vagas da Série A estariam ficando com Palmeiras (63 pontos), Santos (58), São Paulo (52), Grêmio (50) e Internacional (46) - o colorado gaúcho é o sétimo colocado, atrás do Athletico-PR pelos critérios de desempate e estaria sendo favorecido pelo fato de o rubro-negro paranaense ter vencido a Copa do Brasil e já estar com sua classificação assegurada.

Outros países também começaram a definir seus representantes na Libertadores de 2020. Na Argentina, Racing, Defensa y Justicia, Boca Juniors e River Plate, os quatro primeiros colocados do Campeonato Nacional da temporada 2018/2019, estão classificados, assim com o Tigre, que venceu a Copa da Superliga. Ainda há uma em disputa, para o campeão da Copa Argentina e outra que pode ser aberta se o River faturar a Libertadores de 2019.

O Bolívar se classificou ao vencer o Torneio Apertura da Bolívia neste ano, mesma competição que o Junior Barranquilla venceu na Colômbia. No Paraguai, o Olímpia está classificado pelo título do Torneio Apertura, enquanto Cerro Porteño e Libertad estão garantidos pelas campanhas somadas das duas competições nacionais - ainda há uma quarta vaga em aberto.

No Equador, que tem direito a quatro participantes na Libertadores, dois estão definidos e serão Macará e Barcelona. E no Peru, com quatro vagas, já é certo que uma será do Binacional. Já o Estudiantes de Mérida assegurou sua vaga na competição ao vencer o Torneio Apertura da Venezuela. A Libertadores de 2020 tem início previsto para o meio de semana do dia 22 de janeiro. E a decisão foi agendada para 21 de novembro, no Maracanã.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.