Facebook/Rio Branco
Facebook/Rio Branco

Com passagens por times capixabas, ex-goleiro de 21 anos morre em acidente de carro

Augusto de Freitas estava como passageiro em um carro que bateu em um poste e capotou, na rodovia Leste-Oeste, em Vila Velha

Redação, Estadão Conteúdo

29 de março de 2021 | 15h11

Com passagens por clubes do Espírito Santo, o ex-goleiro Augusto Freitas, de apenas 21 anos, morreu em acidente de carro no domingo. Ele não atuava mais como jogador de futebol, mas defendeu clubes como Desportiva Ferroviária e Rio Branco-ES, que lamentaram a perda em suas redes sociais. Augusto estava como passageiro em carro que bateu em um poste e capotou, na rodovia Leste-Oeste, em Vila Velha. Segundo a Polícia Militar, o corpo do rapaz foi arremessado para fora do carro. A PM também fez teste do bafômetro no motorista, que não teve o nome divulgado, e deu positivo.

"O passageiro não suportou os ferimentos e foi a óbito. O motorista fez o teste de etilômetro que deu positivo e, por conta dos ferimentos, foi socorrido pelo Samu ao Hospital Estadual de Urgência e Emergência. Lá, ele permanece sob escolta policial. A Polícia Civil foi acionada. O carro não tinha nenhuma restrição e ficou à disposição da proprietária", informou a PM.

Tanto a Desportiva Ferroviária quanto o Rio Branco prestaram homenagens. Na Desportiva, ele chegou a disputar a Copa São Paulo de Futebol Júnior, em 2019. "É com muito pesar que informamos o falecimento do nosso ex-goleiro Augusto Freitas. A Associação Desportiva Ferroviária deseja força aos familiares e amigos nesse momento difícil a todos."

O Rio Branco também lamentou a morte em suas redes sociais. "O Rio Branco Atlético Clube lamenta profundamente o falecimento do goleiro Augusto Freitas, em acidente de carro ocorrido neste domingo. Augusto foi atleta da base, participando de conquistas importantes em 2017. Torcedor do Rio Branco, o jovem tinha o sonho de um dia atuar pelo profissional do Brancão. O Rio branco presta sua solidariedade à família e aos amigos neste momento."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.