Com Pedrinho recuperado, Corinthians divulga relacionados para Copa do Brasil

Com Pedrinho recuperado, Corinthians divulga relacionados para Copa do Brasil

Atacante havia deixado o clássico com o Santos com dores no ombro esquerdo

João Prata, O Estado de S.Paulo

11 de março de 2019 | 18h42

O técnico Fábio Carille divulgou nesta segunda-feira a lista com 22 relacionados do Corinthians para o duelo de ida com o Ceará, quarta-feira, em Fortaleza, pela Copa do Brasil. A boa notícia é a presença do atacante Pedrinho.

O jogador deixou o clássico com o Santos no segundo tempo com dores no ombro esquerdo. De acordo com a assessoria de imprensa do clube, Pedrinho participou normalmente do regenerativo desta segunda-feira no CT Joaquim Grava e irá para o jogo.

A principal baixa, que já havia sido antecipada por Carille, é a do centroavante Gustagol, que continua tratamento no joelho esquerdo. A tendência é que o argentino Mauro Boselli ganhe mais uma oportunidade no comando do ataque e o time seja o mesmo do empate com o Santos no domingo. 

Vagner Love, que tem entrado bem nos últimos jogos, ficará como opção para o segundo tempo. Ficaram de fora dos relacionados o meio-campista chileno Angelo Araos e o atacante André Luis, que entrou no clássico faltando poucos minutos para acabar. Apesar de levar três goleiros a Fortaleza, Carille optou por deixar de fora esses dois jogadores. 

O time alvinegro chega para a terceira fase da Copa do Brasil após encontrar dificuldades para avançar nas fases anteriores. Na estreia, avançou ao empatar por 2 a 2 com o Ferroviário, fora de casa. Depois, levou um susto ao sair perdendo para o Avenida por 2 a 0, mas virou a partida para 4 a 2.

Confira a lista de relacionados do Corinthians:

Goleiros: Cássio, Walter e Caíque

Laterais: Fagner, Danilo Avelar, Michel Macedo e Carlos Augusto

Zagueiros: Henrique, Manoel, Marllon e Pedro Henrique

Volantes: Ralf, Richard, Ramiro e Júnior Urso

Meias: Jadson, Sornoza e Mateus Vital

Atacantes: Pedrinho, Vagner Love, Boselli e Clayson

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.