Miguel Schincariol/Divulgação
Miguel Schincariol/Divulgação

Com pênalti aos 51 minutos, Ituano vence o Paulista

Em jogo emocionante, time de Itu vence por 3 a 2 e chega a 11 pontos

AE, Agência Estado

29 de fevereiro de 2012 | 21h54

ITU - Quem compareceu ao Estádio Novelli Júnior na noite desta quarta-feira não pode reclamar da falta de emoção. Com um gol marcado por Anderson Salles aos 51 minutos do segundo tempo, o Ituano venceu o Paulista, por 3 a 2, pela 11.ª rodada do Campeonato Paulista. A situação do técnico Sérgio Baresi no time de Jundiaí é bastante complicada.

Essa é a segunda vitória seguida do Ituano, que chegou aos 11 pontos e por enquanto, aparece como 14.º colocado, se distanciando da zona de rebaixamento. Por outro lado, o time de Jundiaí conheceu sua sexta derrota seguida, caindo para o 11.º lugar, com 13 pontos. Apesar de a diretoria negar, existe a possibilidade de Sérgio Baresi ser demitido.

Aproveitando o péssimo momento do Paulista, o Ituano abriu o placar logo aos 3 minutos. Thiago Bezerra recebeu passe de Kleyton Domingues e bateu cruzado, sem chances para Vágner. Em vantagem, o time da casa recuou e deu espaço para o adversário, que pressionou até empatar aos 32 minutos. Renan Marques chutou em cima de Roberto e a bola sobrou para Richely, que finalizou fraco. Em cima da linha, o zagueiro Thiago Gomes se atrapalhou e viu a bola passar debaixo das suas pernas.

No entanto, o Ituano voltaria a ficar na frente aos 40 minutos. Kleyton Domingues tabelou com Thiago Bezerra, passou pelo zagueiro adversário e bateu no ângulo de Vágner.

Ameaçado no cargo e precisando da vitória, o técnico Sérgio Baresi fez duas mudanças no intervalo e colocou o time mais para frente. O resultado veio logo aos 2 minutos. Rychely cobrou escanteio e o zagueiro Diego Ivo apareceu no meio de todo mundo, concluindo para as redes com o pé direito.

O Ituano sentiu o gol logo no começo e, mesmo com a expulsão de Eduardo Praes aos 17 minutos, não criou muitos lances no ataque. Na melhor delas, Thiago Gomes cabeceou e Vágner fez grande defesa. Aos 50 minutos, Adaílton foi derrubado dentro da área e o árbitro assinalou pênalti. Anderson Salles cobrou com categoria e deu a vitória para o Ituano. Após o apito final, os jogadores do Paulista partiram para cima do árbitro Alessandro Darcie, que teve de ser protegido pelos policiais.

O Ituano volta a campo no próximo sábado, quando recebe o Linense, às 16 horas, no Estádio Novelli Júnior, pela 12.ª rodada. Já o Paulista terá pela frente o Guaratinguetá no domingo, às 18h30, no Estádio Jayme Cintra, em Jundiaí.

FICHA TÉCNICA:

ITUANO 3 X 2 PAULISTA

ITUANO - Roberto; Thiago Gomes, Vitor Hugo e Anderson Salles; Jancarlos, Alan Mota, Bruno Martins (Jefferson Luis), Kleyton Domingues e Davi Ceará (Alemão); Chapinha (Adaílton) e Thiago Bezerra. Técnico - Roberto Fonseca.

PAULISTA - Vágner; Eduardo Praes, Diogo (Dener), Diego Ivo e Victor Hugo (Correia); Madson, Bruno Octávio, Samuel Xavier e Diego Barboza; Rychely e Renan Marques (Welton). Técnico - Sérgio Baresi.

GOLS - Thiago Bezerra, aos 3, Richely, aos 32, e Kleyton Domingues, aos 40 minutos do primeiro tempo. Diego Ivo, aos 2, e Anderson Salles, aos 51 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Alessandro Darcie.

CARTÕES AMARELOS - Thiago Bezerra, Alan Mota, Eduardo Praes, Welton e Diego Ivo.

CARTÃO VERMELHO - Eduardo Praes.

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Novelli Junior, em Itu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.