Daniel Augusto Jr./ Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr./ Ag. Corinthians

Com 'pior' campanha em casa, Corinthians vai em busca da 100ª vitória em Itaquera

Time alvinegro tem sete derrotas na Arena só nesta temporada; é mais do que o dobro de tropeços do que os outros dois piores anos

João Prata, O Estado de S.Paulo

23 Outubro 2018 | 11h00

O técnico Jair Ventura disse que espera terminar o Campeonato Brasileiro de maneira digna e que a reação do Corinthians deve começar contra o Bahia, no sábado, diante de seus torcedores, no que pode ser a centésima vitória do time em Itaquera. O problema é que a Arena não tem feito tanto a diferença para a equipe, pelo menos nos últimos jogos.

O Corinthians vem de duas derrotas seguidas em seus domínios. Perdeu a decisão da Copa do Brasil por 2 a 1 para o Cruzeiro e levou 3 a 0 do Flamengo, esta última sendo a pior de sua história em casa. A Arena Corinthians ficou pronta em 2014 e, se for analisado o desempenho ano a ano, o time nunca teve um desempenho tão ruim como agora em 2018.

Do início da temporada para cá, a equipe alvinegra perdeu sete vezes na Arena e tem aproveitamento de 62%. Até então, 2015 e 2017 eram os anos com mais derrotas: três no total em cada um. Contra o Bahia, no próximo sábado, pode ser a primeira vez que a equipe acumule três tropeços seguidos em casa. 

No total, foram 152 jogos em Itaquera, com 99 vitórias, 37 empates e 16 derrotas, com aproveitamento de 73,2%. Os três primeiros anos foram os melhores, deixando o índice na casa dos 70% com tranquilidade. Em 2015, alcançou sua melhor marca, com 79% de aproveitamento (26 vitórias, 5 empates e apenas três derrotas). 

No ano passado, pela primeira vez, a equipe baixou um pouco essa marca, com 69,6% de aproveitamento (20 vitórias, 11 empates e 3 derrotas). Na atual temporada, no entanto, o desempenho é ainda mais baixo. O Corinthians tem 62% de aproveitamento em Itaquera, com 17 vitórias, 7 empates e 7 derrotas.

Desde que o time começou a jogar em seu estádio, essa é a terceira vez que o Corinthians perdeu dois jogos em seguida. A primeira foi em 2015, com tropeços diante de Palmeiras (2 a 0) e Guarani-PAR (1 a 0). Em 2017, o outro, com derrotas para Atlético-GO e Vitória, ambas por 1 a 0.

Além do Bahia, a equipe de Jair Ventura ainda fará outros três jogos em casa. No dia 10 de novembro, terá o clássico contra o São Paulo (33ª rodada). No final de semana seguinte, pela 35ª rodada, receberá o Vasco. A despedida de seus torcedores na temporada será dia 25, contra a Chapecoense, pela penúltima rodada. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.