Com pior início da história, Hamburgo demite treinador

Com apenas seis rodadas disputadas no Campeonato Alemão, o Hamburgo já demitiu seu treinador. O clube anunciou nesta segunda-feira a saída de Michael Oenning, após seu pior começo de temporada na história.

AE-AP, Agência Estado

19 de setembro de 2011 | 11h18

A equipe ainda não venceu na competição e ocupa a última colocação na tabela, com apenas um ponto. Assim, os dirigentes apontaram a necessidade de mudar o comando, efetivando o técnico do time sub-23, Rodolfo Cardoso.

"Precisávamos tomar esta decisão", apontou o diretor de esportes Frank Arnesen. O próprio Oenning demonstrou ter entendido a decisão da diretoria. "É compreensível para mim que um clube queira ir em uma direção diferente na atual situação", afirmou.

Já sob o comando do novo treinador, o Hamburgo tentará a reabilitação no Campeonato Alemão na próxima rodada, quando vai a Stuttgart enfrentar a equipe da casa, nesta sexta-feira.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato AlemãoHamburgo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.