Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Com portões fechados, Dunga tira Willian e testa Lucas Moura

Técnico ainda pode começar com Lucas Lima e Filipe Luís

ALMIR LEITE, ENVIADO ESPECIAL A FORTALEZA, O Estado de S. Paulo

11 de outubro de 2015 | 20h13

O técnico Dunga fez mais uma experiência na seleção brasileira no treino deste domingo: Lucas Moura no lugar de Willian. O jogador do Paris Saint-Germain atuou no time titular no lugar do meia do Chelsea nos minutos finais do treinamento. Dunga também repetiu dois testes que realizou no sábado: Lucas Lima no lugar de Oscar e Filipe Luís no de Marcelo.

Willian foi um dos melhores jogadores da seleção na derrota por 2 a 0 para o Chile em Santiago. Já Filipe Luís e Lucas Lima têm chances reais de entrar de início contra os venezuelanos.

O treino deste domingo foi realizado na Arena Castelão, local da partida desta terça-feira, às 22 horas, contra a Venezuela. A escolha do local foi uma maneira de possibilitar aos jogadores da seleção fazer o reconhecimento do gramado. Isso porque o regulamento das Eliminatórias não permite o reconhecimento do gramado na véspera dos jogos.

A atividade foi fechada e os jornalistas tiveram acesso aos 15 minutos finais. A torcida também pôde entrar nessa fase final. Um público bastante reduzido, de apenas 150 pessoas.

Nesta segunda-feira à tarde a seleção faz o terceiro e último treino preparatório para a partida contra a Venezuela. O treinamento será realizado no Estádio Presidente Vargas.


Tudo o que sabemos sobre:
futebolseleção brasileiraDunga

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.