Com portões fechados, Ponte Preta testa mudanças para enfrentar o Cruzeiro

Técnico Eduardo Baptista tenta esconder a escalação para encarar o Cruzeiro

Estadão Conteúdo

06 Outubro 2016 | 19h59

Mesmo treinando com portões fechados na tentativa de esconder a escalação da Ponte Preta para o confronto contra o Cruzeiro, neste sábado, em Belo Horizonte, o técnico Eduardo Baptista sinalizou algumas mudanças. Em busca de reabilitação no Campeonato Brasileiro, o time paulista vai ser bem diferente daquele que perdeu para o Atlético Mineiro por 2 a 1, na rodada passada.

No treinamento desta quinta-feira no Centro de Treinamento do Jardim Eulina, a novidade foi as presenças do lateral-direito Nino Paraíba, que estava afastado há dois jogos por uma lesão muscular. Um desconforto muscular de Jeferson foi a senha para a volta do titular. Já o volante Elton deve ganhar a vaga de João Vitor, suspenso por três cartões amarelos. A expectativa era pela entrada de Matheus Jesus ou Maycon. O trio deve ser formado por Elton, Wendel e Thiago Galhardo.

Ainda na defesa, outra mudança já era certa: o retorno do lateral-esquerdo Reinaldo, após cumprir suspensão, no lugar de Breno Lopes. No ataque, tudo leva a crer que William Pottker, artilheiro do time com 10 gols, vai ser escalado como titular ao lado de Roger e Felipe Azevedo. A outra opção pelo lado esquerdo do ataque seria Clayson, que voltou a treinar com bola, mas está em um ritmo abaixo dos demais por lesão.

Um dos principais artilheiros do Brasil na temporada com 21 gols, Roger foi poupado deste treino. Mas não representa problema. Wellington Paulista treinou como homem de referência na área. A provável formação é esta: Aranha; Nino Paraíba, Antônio Carlos e Reinaldo; Elton, Wendel e Thiago Galhardo; Felipe Azevedo, Roger e William Pottker.

O time fará apenas mais um treinamento nesta sexta-feira pela manhã e à tarde segue para Belo Horizonte. Com 39 pontos, em 10.º lugar, a Ponte Preta não vence há três jogos. Empatou fora com a Chapecoense, depois perdeu em Curitiba para o Atlético Paranaense e em casa para o Atlético Mineiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.