Juan Madromata/AFP
Juan Madromata/AFP

Com portões fechados, seleção argentina fará primeiro treino em Salvador

Delegação desembarcou na noite de domingo e iniciará trabalhos no estádio do Barradão

Redação, O Estado de S.Paulo

10 de junho de 2019 | 11h49

A seleção argentina desembarcou em Salvador na noite de domingo. A delegação foi recepcionada no hotel por duas baianas com trajes típicos. Como não poderia deixar de ser, cada atleta recebeu um fita do Senhor do Bonfim.

O elenco teve a manhã desta segunda-feira livre para descansar e à tarde fará o primeiro trabalho em solo brasileiro para a Copa América. O técnico Lionel Scaloni, no entanto, fechará a atividade para os jornalistas. A Argentina treinará no estádio do Barradão, do Vitória. 

Na sexta-feira, a Argentina fez o último amistoso preparatório para a competição e goleou a Nicarágua, por 5 a 1, em San Juan, Porto Rico. Lionel Messi, que só atuou nos 45 minutos iniciais, fez dois gols e chegou a 67 pela seleção.

Sem um título de importância desde 1993, a Argentina está no Grupo B da Copa América. Ela estreia contra a Colômbia (dia 15), faz o segundo jogo diante do Paraguai (dia 19) e completa a primeira fase frente ao Catar (dia 23).

A Argentina chega para a competição com uma seleção bastante modificada em relação à Copa do Mundo da Rússia. Lionel Messi, Sergio Agüero, Dí Maria e Otamendi são os mais experientes do grupo. A lista, no entanto, conta com novidades especialmente no setor defensivo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.