Lucas Uebel/Grêmio
Lucas Uebel/Grêmio

Com possíveis baixas de peso, Grêmio faz mistério para duelo contra o Bahia

Nomes como Arthur e Luan são dúvidas para a partida

Estadão Conteúdo

03 Junho 2018 | 08h34

O Grêmio terá de enfrentar o Bahia e uma série de adversidades físicas em seu elenco para a partida deste domingo, às 16 horas, na Fonte Nova, em Salvador, pelo Campeonato Brasileiro. O técnico Renato Gaúcho não divulgou a escalação e a lista de relacionados, mas jogadores como Arthur e Luan são dúvidas para o jogo.

+ Leia mais notícias sobre o Grêmio

+ Confira a tabela de classificação do Campeonato Brasileiro

+ No Maracanã, Corinthians enfrenta o Flamengo no maior desafio de Loss

No treinamento desta sexta-feira, o treinador não pôde contar com Cortez, Maicon, Madson, Bressan, Cícero, Éverton e Léo Moura - o lateral-direito é desfalque certo. Os meio-campistas Ramiro e Arthur, que passaram por um período de recuperação de lesões, voltaram a participar das atividades, mas não têm as presenças confirmadas para o próximo jogo, e o mesmo vale para Luan.

Além dos possíveis problemas na escalação, Renato Gaúcho também terá de lidar com a escassez de gols do sistema ofensivo do Grêmio, que marcou apenas quatro vezes nos últimos seis jogos - no último compromisso, ficou no empate por 0 a 0 contra o Fluminense, apesar de ter atuado no seu estádio.

O time gaúcho está na zona intermediária da classificação do Brasileirão, com 13 pontos ganhos, mas com uma vitória simples pode ganhar várias posições. Depois do empate na última partida, Renato Gaúcho afirmou que estaria preocupado apenas se a equipe não estivesse criando oportunidades de gol.

Se o ataque não está rendendo, o Grêmio pode se orgulhar de ser a defesa menos vazada do campeonato, com apenas três gols sofridos, o mesmo número do Cruzeiro. O bom desempenho dos defensores se mantém mesmo com a ausência nas duas últimas partidas de Pedro Geromel, convocado por Tite para a Copa do Mundo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.