Daniel Augusto Junior/Agência Corinthians
Daniel Augusto Junior/Agência Corinthians

Com poucas opções, Corinthians continua atrás de zagueiro

Pedro Geromel, irmão de Ricardo Geromel, sócio-proprietário do Fort Lauderdale Strikers, é um dos atletas sondados pela diretoria

Estadão Conteúdo

12 de janeiro de 2015 | 21h05

Com o time nos Estados Unidos, a diretoria do Corinthians trabalha no Brasil em busca de contratações para reforçar o elenco. No começo de fevereiro, o time já tem decisão: joga a fase preliminar da Copa Libertadores contra o Once Caldas, da Colômbia. O setor mais carente da equipe é a zaga. Com a saída de Anderson Martins, Tite tem hoje apenas quatro jogadores: Gil, Felipe e os garotos Pedro Henrique e Yago.

O zagueiro Pedro Geromel, do Grêmio, é um dos atletas que já foram sondados pela diretoria. Ele é irmão do Ricardo Geromel, sócio-proprietário do Fort Lauderdale Strikers, clube que hospedou o Corinthians durante a primeira parte da pré-temporada que a equipe realiza na Flórida, nos Estados Unidos.

A diretoria teve de sair à procura de um zagueiro porque foi pega de surpresa com a saída de Anderson Martins. O zagueiro tinha contrato por empréstimo até o meio do ano, mas uma cláusula do acordo previa que o Al-Jaish, do Catar, poderia requisitar o retorno do jogador, o que não estava nos planos dos cartolas alvinegros.

Tite teve, então, de chamar às pressas o zagueiro Pedro Henrique, que fazia parte do time Sub-20 que disputa a Copa São Paulo de Futebol Júnior, para compor a delegação que viajou aos Estados Unidos. Anderson Martins foi o terceiro zagueiro em menos de um ano a deixar Corinthians em menos de um ano sem que o clube lucrasse. Antes deles também saíram Paulo André, para o futebol chinês, e Cleber, que foi para a Alemanha.
Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.