Vitor Silva/SSPress/Botafogo
Vitor Silva/SSPress/Botafogo

Com presença da polícia, Atlético-MG desembarca em silêncio em Belo Horizonte

Equipe mineira vê aumento da pressão da torcida após eliminação para o Botafogo na Copa do Brasil nesta 4ª feira

Estadão Conteúdo

27 de julho de 2017 | 21h18

Com reforço de segurança no aeroporto de Confins, a delegação do Atlético Mineiro desembarcou em Belo Horizonte no início da noite desta quinta-feira, quase 24 horas após ser eliminado da Copa do Brasil pelo Botafogo. O time carioca venceu por 3 a 0, no Engenhão, na noite de quarta.

Os jogadores atravessaram o aeroporto em silêncio, sem atender perguntas dos jornalistas e dos torcedores, a maioria insatisfeitos com o resultado da noite passada. O ônibus do Atlético estava cercado por integrantes da polícia, que reforçaram a segurança. Não houve protesto da torcida.

O grupo atleticano treinou pela manhã ainda no Rio de Janeiro, em atividade que só contou com os reservas. À tarde, a delegação embarcou de volta à capital mineira. O time retomará os trabalhos na manhã desta sexta, já em Belo Horizonte.

Novo técnico do time, Rogério Micale vai definir os titulares para o jogo contra o Coritiba, no domingo. O duelo na capital paranaense será válido pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.