Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Com problema na coxa direita, Ramires vai desfalcar o Palmeiras

Meia volta a sentir lesão adquirida ainda na China e vira desfalque para o técnico Luiz Felipe Scolari

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

26 de julho de 2019 | 12h55

O meia Ramires, do Palmeiras, está machucado e será desfalque do time pelos próximos jogos da temporada. Apesar do clube não revelar o período de recuperação da lesão, o departamento médico confirmou nesta sexta-feira que o atleta de 32 anos está com um problema no tendão adutor da coxa direita e terá continuar fora da equipe pelos próximos compromissos enquanto ficará em tratamento.

O jogador chegou ao clube em junho com uma lesão adquirida ainda na época em que atuava pelo Jiansu Suning, da China. "O atleta tinha um problema, vindo da china, já diagnosticado pela gente. É um problema no tendão adutor, que não compromete absolutamente o futuro do atleta. A gente fez todo tratamento de tentar preservar a integridade desse tendão, mas ele voltou a sentir um incômodo", disse o médico do Palmeiras, Gustavo Magliocca.

O caso de Ramires não vai necessitar de cirurgia. O Palmeiras vai adotar um tratamento mais conservador para tentar recuperar o meia. Recém-contratado pelo clube, ele fez apenas uma partida, ao entrar no segundo tempo da derrota por 2 a 0 para o Ceará, em Fortaleza, no último sábado, pelo Campeonato Brasileiro. Foi justamente durante a partida que ele voltou a sentir o problema.

Ramires, inclusive, não foi relacionado pelo Palmeiras para participar do compromisso seguinte, contra o Godoy Cruz, na Argentina, pela Copa Libertadores. Nos últimos dias o meia não participou das atividades no gramado e permaneceu sob os cuidados do departamento médico para tentar se recuperar do problema na coxa direita.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.