Com problemas de alcoolismo, Paul Gascoigne vai para a UTI

O ex-jogador da seleção inglesa, que derrotou o Brasil semana passada, está internado nos EUA

Agência Estado

10 de fevereiro de 2013 | 14h52

SÃO PAULO - O ex-jogador Gary Mabbutt, do Tottenham, confirmou neste domingo que Paul Gascoigne, seu amigo íntimo, foi internado na unidade de terapia intensiva de um hospital dos Estados Unidos após ter um revés em sua luta para vencer o alcoolismo. Nesta semana, o ex-jogador foi para a cidade de Tucson, no Arizona, com a intenção de realizar tratamento contra a sua dependência de álcool.

Mabbutt revelou que Gascoigne precisou ser internado por reagir mal ao tratamento convencional. "Infelizmente, Paul teve uma reação muito ruim à desintoxicação e a clínica decidiu que como precaução era melhor transferi-lo para o hospital", disse, em entrevista à Sky Sports News.

O amigo de Gascoigne explicou que o ex-jogador está na UTI, mas tentou demonstrar otimismo com a internação. "Ele está se recuperando da situação e esperamos que esteja de volta à clínica em breve."

Gary Lineker, ex-companheiro de Gascoigne na seleção da Inglaterra, que estaria ajudando a pagar o tratamento do companheiro nos Estados Unidos, prestou publicamente sua solidariedade. "Gazza está lutando, vamos torcer para que ele aguente firme", escreveu em seu perfil no Twitter.

Gascoigne, de 45 anos, foi um dos principais astros do futebol no fim da década de 1980 e também nos anos 1990. Ele defendeu a seleção da Inglaterra na Copa do Mundo de 1990 e na Eurocopa de 1996.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolfutinterGascoigne

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.