Com protesto de torcida, Dualib é desligado do Corinthians

Conselho Deliberativo aprova saída do ex-presidente; decisão é comemorada no Parque São Jorge

AE, Agencia Estado

30 de setembro de 2008 | 23h21

 José Patrício/AEO ex-presidente Alberto Dualib e o ex-vice Nesi Curi não fazem mais parte do quadro de associados do Corinthians. E houve festa no Parque São Jorge na noite desta terça-feira. Cerca de 500 torcedores estiveram na frente da sede social do clube e comemoraram quando foi finalizada a reunião do Conselho Deliberativo, com a presença de 162 conselheiros, que homologou o desligamento dos dois ex-dirigentes. Veja também:  Hugo Chávez ganha camisa do Corinthians em Manaus Como forma de protesto, a torcida levou dois caixões para um enterro simbólico e dois bonecos gigantes de isopor, de cerca de 5 metros de altura cada um, que simbolizavam Dualib e Curi. Assim que a decisão foi anunciada, membros da torcida puxaram uma corda e derrubaram os bonecos. A decisão de desligar Dualib e Curi do quadro de associados do Corinthians já não era novidade, pois os dois dirigentes já haviam enviado uma carta de renúncia cada um na semana passada. Dualib foi presidente do clube de Parque São Jorge durante mais de 14 anos e foi sob seu mandato que o clube mais conquistou títulos. Em contrapartida, o dirigente se viu como alvo de irregularidades administrativas. Ele é acusado formalmente de desvio de dinheiro e formação de quadrilha.  José Patrício/AE   José Patrício/AE

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansAlberto Dualib

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.