Benoit Tissier / Reuters
Benoit Tissier / Reuters

Com PSG perto do título, Emery diz mirar mais 7 vitórias na reta final do Francês

Treinador torce para que Daniel Alves se recupere a tempo de enfrentar Saint-Etienne na próxima rodada

Estadão Conteúdo

04 de abril de 2018 | 12h34

Disparado na liderança do Campeonato Francês, o Paris Saint-Germain está muito próximo de assegurar o título nacional com bastante antecipação. Porém, o técnico Unai Emery disse nesta quarta-feira que o time mira conquistar sete vitórias nos sete jogos que ainda tem a disputar neste reta derradeira da competição, independentemente de quando o troféu for assegurado.

+ Lateral do PSG diz que Unai Emery deixará o clube no fim da temporada

+ Temporada 2018-2019 no PSG deve começar por Neymar e sem Emery

+ Cavani pode estar de saída do PSG, diz imprensa francesa

Com 83 pontos, o PSG está 17 à frente do vice-líder Monaco, que nesta quarta-feira poderá reduzir a diferença para 14 pontos caso derrote o Rennes, fora de casa, em partida atrasada da 31ª rodada que começará às 13h45 (de Brasília).

Assim, o time monegasco ainda tem oito confrontos a realizar e poderia chegar a um máximo de 90 pontos. Nesta sexta-feira, os líderes da tabela abrirão a 32ª rodada do torneio em jogo contra o Saint-Etienne, fora de casa, enquanto os atuais campeões franceses atuação no sábado, contra o Nantes, como mandantes.

Ao falar até sobre a remota possibilidade de o seu time ser campeão já neste final de semana, Emery enfatizou que o PSG lutará para atingir a marca de 104 pontos em sua campanha, o que será possível com sete vitórias nos últimos sete jogos.

"Eu sei que há uma oportunidade de ser um campeão neste final de semana. Mas continuamos com a ideia de ganhar todos os jogos, para demonstrar a nossa força e ter o maior número de pontos possíveis de diferença sobre os adversários. Mas, uma vez campeões, queremos continuar a ter as melhores estatísticas possíveis", ressaltou Emery, assegurando que a sua equipe não se acomodará após faturar o provável título.

Ao projetar o próximo jogo, o comandante também disse que espera pela recuperação do lateral Daniel Alves após o brasileiro ficar fora dos últimos treinamentos por motivo de lesão. "O Dani Alves não treinou na terça e nesta quarta-feira. Ele sofreu uma pancada e sentiu uma dor", revelou o treinador, que já não poderá contar com o volante Thiago Motta, suspenso, enquanto o meia Draxler, lesionado, é dúvida para o duelo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolParis Saint-GermainUnai Emery

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.