Cesar Greco/Divulgação
Cesar Greco/Divulgação

Com dez opções, técnico destaca a força do ataque do Palmeiras

Marcelo Oliveira diz que pode aproveitar a versatilidade dos atletas

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

18 de julho de 2015 | 07h00

A contratação de Lucas Barrios pelo Palmeiras fez com que o técnico Marcelo Oliveira pudesse reclamar de qualquer coisa, menos de falta de opção no ataque. Após a chegada do paraguaio, são dez opções no ataque. Engana-se quem pensa que isso é um problema para o treinador. Ele acredita que a versatilidade dos jogadores podem ajudar bastante a equipe.

“Melhor que tenha mais jogadores do que menos. Temos outra situação, que em algum momento, o Barrios vai sair para jogar pela seleção do Paraguai nas Eliminatórias. Temos o Alecsandro machucado e alguém neste período deve se contundir ou levar cartão”, disse o treinador, explicando o motivo de ter tantas opções à disposição.

A maior prova de que, realmente, os atacantes podem fazer outras funções fica claro pelo esquema tático adotado pelo treinador, que tem atuado no 4-2-3-1, com dois atacantes caindo pelas pontas e que auxiliam na marcação como meias. No clássico com o Santos, as funções devem ser feitas por Dudu e Rafael Marques.

Dos atacantes, quem mais jogou na temporada foi Dudu, que esteve em campo 31 vezes. Rafael Marques, 29, e Cristaldo, 28 aparecem logo em seguida. O argentino, inclusive, é o artilheiro do time na temporada, com 12 gols. Rafael Marques com 11 e Leandro Pereira com 7 estão logo abaixo.

Apesar do treinador comemorar o número de opções no ataque, chegou-se a cogitar a possibilidade de alguns dos atacantes deixarem o clube. Leandro Pereira era cobiçado por vários clubes nacionals – Coritiba, Atlético-PR e Grêmio, entre outros – mas ficará no clube, pelo menos até o fim do ano. Mesmo caso de Cristaldo, que estava nos planos do River Plate e decidiu ficar. Leandro era outro que chegou a aparecer na lista de Vasco e Grêmio, e, pelo menos por enquanto, continua no clube.

Para o clássico com o Santos, Marcelo Oliveira vai manter Leandro Pereira na frente, com Dudu e Rafael Marques pelas pontas. No banco de reservas, a grande novidade será a presença de Lucas Barrios, que deve entrar e fazer sua estreia com a camisa alviverde.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebolBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.