Divulgação
Divulgação

Com quatro times na Série A, Catarinense ganha valor em 2015

Figueirense, Avaí, Chapecoense e o campeão da Série B Joinville disputam o torneio que começa neste sábado e tem 10 participantes

Tomás M. Petersen - especial para o Estado, O Estado de S. Paulo

31 de janeiro de 2015 | 07h00

Neste sábado começa um dos estaduais que mais se valorizou nos últimos anos. O Campeonato Catarinense de 2015 terá quatro times integrantes da Série A do Brasileirão: Figueirense, Avaí, Joinville e Chapecoense. Junto com o Criciúma, que foi rebaixado para a Série B, as equipes prometem um campeonato regional mais disputado.

Não é apenas a visibilidade dos times que põe o Catarinense em evidência. Uma pesquisa publicada pela Pluri Consultoria aponta o regional de Santa Catarina como o campeonato que mais se valorizou em 2015 entre todos os demais estados brasileiros. Em relação ao ano anterior, o Catarinense teve um crescimento de 11% no valor de mercado, ocupando a sexta posição. Paulista, Carioca, Mineiro, Copa Nordeste e Gauchão ocupam as primeiras posições, mas apresentaram desvalorização.

O cálculo se baseia no elenco dos times de cada competição. De acordo com a pesquisa, o Catarinense vale R$ 275,4 milhões. Em 2014 valia R$ 248,8 milhões, enquanto em 2012 era apenas R$ 139 milhões. E são apenas dez times disputando o campeonato.

A partida que dará início ao Campeonato Catarinense será entre Criciúma e Guarani de Palhoça, às 17 horas, no estádio Heriberto Hülse. O Tigre precisa mostrar que se reergueu depois da fracassada temporada de 2014. No mesmo dia, às 19h30, a Chapecoense recebe o Inter de Lages na Arena Condá. O Verdão do Oeste conta com o reforço do volante Richarlyson, que desistiu da aposentadoria.

O principal confronto da primeira rodada será no domingo, às 17 horas. O Joinville será o anfitrião do Avaí no primeiro jogo entre dois times que disputarão a Série A. Enquanto o JEC precisa mostrar que não foi campeão da Série B à toa, o Avaí vai testar os novos jogadores – o atacante André Lima, que já treina com a camisa do Leão, ainda não foi oficializado e não deve jogar na estreia. No mesmo horário, o Metropolitano, de Blumenau, enfrenta o Marcílio Dias, de Itajaí, num clássico do Vale do Itajaí.

Em Florianópolis, o Figueirense enfrentará o Atlético de Ibirama às 19h30. O alvinegro da capital sofre com um desfalque importante. O lateral Juninho, ídolo da torcida que retornou ao time, machucou-se gravemente no último amistoso antes do começo da temporada, contra o Guarani de Palhoça. Em uma entrada dura do volante Ceará, o jogador do Figueira sofreu uma fratura na fíbula e rompeu os ligamentos do tornozelo.

O Catarinense tem um regulamento diferente em relação a 2014. Após nove rodadas de todos contra todos, os seis primeiros colocados se classificam para um hexagonal classificatório, enquanto os quatro piores disputam um quadrangular que definirá dois rebaixados.

No hexagonal, os seis colocados jogam todos contra todos em turno e returno. Os dois primeiros colocados disputam as finais, em jogos de ida e volta, bem como garantem vaga para a Copa do Brasil. O campeonato está previsto para terminar no dia 3 de maio. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.