Com raça e peso da camisa, Hamburgo vira duas vezes e bate Stuttgart no Alemão

O Hamburgo mostrou toda sua tradição, muita raça e confiança na camisa para reverter o placar adverso em casa e bater o Stuttgart por 3 a 2 neste sábado, pela segunda rodada do Campeonato Alemão. A equipe do Norte da Alemanha ficou em desvantagem por duas vezes na partida, mas no final, graças ao oportunismo do zagueiro da seleção suíça Djourou, o clube de Hamburgo garantiu a vitória e seus primeiros três pontos na competição.

Estadão Conteúdo

22 de agosto de 2015 | 16h05

O Stuttgart começou o duelo dominando as ações na casa do rival, que vinha de um péssimo resultado na rodada inaugural, quando perdeu do Bayern de Munique por 5 a 0 no Allianz Arena. Aos 24 minutos, Ginczek, que marcaria mais uma vez no confronto, aos 42 do primeiro tempo, abriu o placar para os visitantes.

Com um atuação mediana de seus principais jogadores, o time da casa empatou aos 34 com Ilicevic. Mas a equipe não se encontrava na marcação e deixou o Stuttgart ir para o vestiário com a vantagem por 2 a 1.

Na volta do intervalo e com a crescente pressão da torcida, que busca evitar o roteiro das últimas duas temporadas, quando o Hamburgo só conquistou seu direito de permanecer na primeira divisão nas partidas de repescagem, os mandantes imprimiram um ritmo intenso de jogo. Os torcedores do principal time da cidade nunca viram a sua equipe na segunda divisão, e querem que a história continue assim.

Após muita pressão, o Hamburgo conseguiu empatar aos 39 da etapa final, com Lasogga. Quando tudo parecia levar ao empate, o zagueiro Djourou apareceu para fazer o gol da vitória para os anfitriões, aos 44 da etapa complementar. Uma nova esperança para a exigente torcida do Hamburgo na temporada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.