Pedro Chaves/Fortaleza
Pedro Chaves/Fortaleza

Com recorde no Castelão e gol no final, Fortaleza ganha e dispara na Série B

Time que completou 100 anos na última quinta-feira bateu o Paysandu por 1 a 0

Estadão Conteúdo

20 Outubro 2018 | 21h34

Após completar 100 anos na última quinta-feira, o Fortaleza coroou o aniversário com uma vitória por 1 a 0 sobre o Paysandu, neste sábado, em jogo válido pela 32.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O atacante Gustavo encerrou um jejum de oito jogos sem marcar com um gol aos 47 minutos do segundo tempo e garantiu o resultado diante de mais de 57 mil torcedores na Arena Castelão, em Fortaleza - recorde de público da competição.

Com o triunfo, o time do técnico Rogério Ceni chegou aos 60 pontos e se isolou ainda mais na liderança, muito próximo do acesso, agora com sete a mais que o vice-líder Goiás. O Paysandu, por sua vez, chega ao sexto jogo sem vitória e segue dentro da zona de rebaixamento, em 18.º lugar, com 32 pontos.

Empurrado pela torcida, que fez coreografias antes do jogo com bandeiras, o Fortaleza entrou em campo disposto a pressionar o Paysandu, mas não foi bem assim. Sem muita aproximação entre os homens de ataque, o time tricolor sofreu com a boa marcação do adversário. Ainda assim, teve alguns bons momentos e conseguiu levar perigo ao gol de Renan Rocha.

Este foi o cenário do primeiro tempo, com algumas chegadas pontuais dos donos da casa e pouca ação ofensiva dos visitantes. A melhor oportunidade foi criada no último minuto antes do intervalo, aos 46, quando Gustavo cabeceou e acertou a bola na trave.

Na etapa complementar, a partida se desenhou de maneira parecida, com o Fortaleza um pouco mais efetivo em achar espaços no campo de ataque. Ainda insatisfeito, Rogério Ceni chegou a deixar o time com quatro atacantes em campo.

Antes dos 30 minutos, o treinador colocou Romarinho no lugar do meia Marlon e tirou o zagueiro Jussani para a entrada do atacante Wilson. Romarinho, no entanto, teve que sair antes do final da partida, dando lugar a Leonan. Ele ficou desacordado após dividida com Marcos Júnior e foi retirado de campo pela ambulância. Na verdade, ele caiu de costas e perdeu o fôlego.

Após a longa parada para atendimento do atleta, isso por volta dos 38 minutos, o jogo esfriou um pouco, mas não demorou para que a Arena Castelão explodisse de alegria. Aos 47, Wilson avançou pela direita e cruzou para Gustavo, que cabeceou entre dois zagueiros para marcar o gol da vitória tricolor.

O Fortaleza volta a campo na próxima sexta-feira, quando enfrenta a Ponte Preta, às 20h30, de novo na Arena Castelão. O Paysandu joga no próximo sábado em duelo contra o Coritiba, às 19h30, no estádio da Curuzu, em Belém.

FICHA TÉCNICA

FORTALEZA 1 x 0 PAYSANDU

FORTALEZA - Marcelo Boeck; Tinga, Diego Jussani (Wilson), Ligger e Bruno Melo; Nenê Bonilha, Felipe e Dodô; Marcinho, Gustavo Henrique e Marlon (Romarinho)(Leonan). Técnico: Rogério Ceni.

PAYSANDU - Renan Rocha; Maicon Silva, Diego Ivo, Timbó e Guilherme Santos; Renato Augusto, Willyam (Marcos Júnior), Felipe Guedes (Matheus Silva) e Thomaz; Mike (Claudinho) e Hugo Almeida. Técnico: João Brigatti.

GOL - Gustavo, aos 47 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Marlon e Romarinho (Fortaleza); Diego Ivo e Timbó (Paysandu).

ÁRBTIRO - Héber Roberto Lopes (SC).

RENDA - 1.292.382,00.

PÚBLICO - 57.223 pagantes.

LOCAL - Arena Castelão, em Fortaleza (CE).

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.