Divulgação
Divulgação

Com reforços, Grêmio recebe o Huachipato do Chile pela Libertadores

Recém-contratados André Santos e Barcos dão animo ao time para estreia na fase de grupos

ELDER OGLIARI, Agência Estado

14 de fevereiro de 2013 | 07h37

PORTO ALEGRE - O Grêmio estreia na fase de grupos da Libertadores nesta quinta-feira, quando recebe o Huachipato, a partir das 19h45, na Arena Grêmio, em Porto Alegre. A torcida gremista está entusiasmada com as recentes contratações do lateral-esquerdo André Santos, do volante Adriano e dos atacantes Welliton, Vargas e Barcos, que se somaram às do goleiro Dida e do zagueiro Cris, feitas ainda no início do ano. E alguns dos novos jogadores do elenco já serão titulares diante do time chileno.

Campeão da Libertadores em 1983 e 1995, o Grêmio participa da competição pela 14ª vez e sonha com o terceiro título. Depois de ter passado pela LDU na fase preliminar, quando ganhou na disputa dos pênaltis, o time gaúcho está no Grupo 8, que tem também Fluminense e Caracas.

Mesmo com reforços importantes, o novo time do Grêmio ainda não testou seu potencial e pode levar um tempo até afinar o conjunto. "O entrosamento nós só vamos adquirir com os jogos", admitiu o meia Zé Roberto, ao mesmo tempo em que revela a expectativa de que os contratados se adaptem rapidamente ao esquema que o técnico Vanderlei Luxemburgo vai montar. "Eles têm qualidade, isso facilita."

Com tantas peças novas disponíveis, Luxemburgo faz mistério. No treino de terça-feira, ele orientou sua equipe com os portões do Estádio Olímpico fechados. Também evitou divulgar a escalação. A principal dúvida está na primeira posição do meio-de-campo: os volantes Fernando e Adriano disputam uma posição para jogar ao lado de Souza. No ataque, a nova dupla gremista tem o chileno Vargas e o argentino Barcos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolLibertadoresGrêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.