Com reforços, Rogério Ceni vê time mais competitivo

Pabon e Souza estreiam pelo São Paulo diante da Ponte Preta e ficam à disposição de Muricy

Agência Estado

09 de fevereiro de 2014 | 20h48

CAMPINAS - O volante Souza e o atacante Pabon, dois jogadores recém-contratados pelo São Paulo, foram escalados como titulares neste domingo, mas não tiveram uma boa estreia. Apesar da derrota para a Ponte Preta por 2 a 1, em Campinas, o goleiro Rogério Ceni vê o São Paulo agora, com os reforços, como um time "mais competitivo" neste Paulistão.

Antes de Souza e Pabon, outros dois reforços da temporada, os laterais Luis Ricardo e Alvaro Pereira, já vinham jogando no time. O São Paulo ainda aguarda finalizar a contratação do atacante Alexandre Pato, que deverá ser apresentado nesta semana. Assim, o técnico Muricy Ramalho vai ganhando opções para montar a equipe.

"Os reforços chegaram, o São Paulo é um time mais competitivo, mas precisamos trabalhar mais, dar uma resposta em campo aos torcedores", avisou o Rogério Ceni, após a derrota em Campinas. O goleiro também elogiou os dois estreantes. "Adoro o futebol do Souza, encurta bem o espaço", disse o goleiro, ressaltando ainda que Pabon "é um jogador que chuta bem, e tem velocidade".

Após a estreia, Souza projeta evolução com a camisa do São Paulo. "Me senti bem. Agora, vou dar continuidade ao trabalho durante a semana, porque quero chegar ainda melhor no próximo jogo", avisou o volante, que veio do Grêmio elogiando bastante a nova casa. "Esse time tem muita qualidade."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPaulistãoSão Paulo FC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.