Paulo Pinto/São Pauio FC
Paulo Pinto/São Pauio FC

Com "reforços", São Paulo recebe Red Bull Bragantino no Morumbi

Tricolor poderá contar com volta de Pablo e Tiago Volpi, que estavam lesionados antes da paralisação

Redação, Estadão Conteúdo

23 de julho de 2020 | 05h00

Apesar da paralisação de jogos oficiais por quatro meses, algo inédito para o futebol brasileiro, São Paulo e Red Bull Bragantino prometem manter a pegada no retorno do Campeonato Paulista. As duas equipes se enfrentam nesta quinta-feira, às 20 horas, no Morumbi, pela 11ª e penúltima rodada da fase classificatória do Estadual. Ambos os times já estão classificados para o mata-mata. Para esta retomada, o São Paulo terá dois reforços: o goleiro Tiago Volpi e o atacante Pablo. Volpi estava machucado e Pablo voltava de lesão antes da paralisação do campeonato, em março.

O atacante vai ocupar a vaga deixada por Antony, transferido para o Ajax, da Holanda. No último jogo antes da parada, o clássico com o Santos, Pablo entrou somente no segundo tempo. Já Volpi havia sofrido fratura na mão direita após choque contra adversário em jogo da Copa Libertadores. O goleiro vinha sendo substituído por Lucas Perri.

Mas quem chamou a atenção nos últimos dias foi o atacante Alexandre Pato, que movimentou a torcida através das redes sociais. Ele voltou a ficar careca depois de brincar com os internautas, que até fizeram uma música do "Pato Careca" para ele. Para os supersticiosos, o atacante tem mais sorte sem seus cabelos.

Em princípio, ele prometeu que rasparia a cabeça se chegasse a 1 milhão de seguidores no aplicativo Tik Tok. Mas não se aproximou do número. Mesmo assim, Pato topou cortar os cabelos. Careca, ele quebrou jejum e depois marcou quatro gols antes da parada pela covid-19. "Acho legal esta interação com os torcedores. Quem sabe a sorte continua me ajudando", brincou Pato.

Falando mais sério, ele ratificou a esperança de o time manter sua força no Paulistão. "Não mudou nada, então é para a gente manter a força em campo. O time já tem um jeito próprio de jogar. É natural a falta de ritmo, mas fora isso, tudo bem", comentou.

Com 18 pontos, o São Paulo lidera o Grupo C, dois na frente do Mirassol, que pega o Água Santa nesta quinta-feira. A comissão técnica quer confirmar a primeira posição nas últimas duas rodadas, além de pontuar ao máximo para jogar com vantagem nas quartas de final. O último treino antes da retomada aconteceu na manhã de quarta no CT da Barra Funda. Após o jogo, a delegação vai seguir concentrada de forma permanente, como exige o protocolo firmado pela Federação Paulista de Futebol.

MANTER O PADRÃO

Este tem sido também o lema no Red Bull Bragantino, mesmo após o período de quatro meses sem jogos. O nosso objetivo é ter o padrão que tínhamos. É um reforço do que a gente já construiu antes e isso facilita para os atletas. Quanto à questão de ritmo de jogo, vamos ver o quanto eles vão sentir. Fizemos o máximo para que a preparação proporcionasse essa intensidade, mas isso só é possível com jogos. A expectativa é positiva para manter o padrão e espero que essa parada interfira muito pouco", comentou o técnico Felipe Conceição.

Para o duelo, o time vai ter quatro desfalques: o zagueiro Léo Ortiz e os atacantes Thonny Anderson e Bruno Tubarão, lesionados, além do lateral-direito Aderlan, suspenso. Léo Ortiz e Aderlan são considerados titulares e podem ser substituídos por Fabrício Bruno e Weverton, respectivamente. Conceição lamentou a ausência do lateral, titular em todos os jogos, mas ressaltou que tem peças de reposição. "O Aderlan vinha em momento muito bom, defensivamente evoluindo, sendo um dos melhores na posição do campeonato. Mas a gente não lamenta porque temos um grupo forte. Temos opções e quem entrar vai dar conta do recado e não irá interferir no desempenho da equipe", declarou.

Com 17 pontos, o RB Bragantino lidera o Grupo D e já estava classificado às quartas de final antes mesmo da paralisação. O objetivo é manter a primeira posição. A última partida disputada pelo time de Bragança Paulista ocorreu diante do Água Santa, no dia 13 de março, quando venceu por 4 a 0, emplacando três vitórias consecutivas.

Neste tempo de paralisação, não contratou nem perdeu nenhum jogador. O único atleta que tinha mais chance de sair era o meia-atacante Leandrinho, mas ele teve o seu empréstimo prorrogado junto ao Braga, de Portugal.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO x RED BULL BRAGANTINO

SÃO PAULO - Tiago Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves, Igor Gomes; Vitor Bueno, Pablo e Alexandre Pato. Técnico: Fernando Diniz.

RED BULL BRAGANTINO - Júlio César; Weverton, Fabrício Bruno, Ligger e Edimar; Barreto, Matheus Jesus e Vitinho; Artur, Ytalo e Morato. Técnico: Felipe Conceição.

ÁRBITRA - Edina Alves Batista.

HORÁRIO - 20 horas.

LOCAL - Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.