Com reservas, Botafogo pega Macaé ainda em busca de 1º triunfo no Estadual

Time titular está concentrado no duelo contra o Colo-Colo, pela Libertadores

Thiago Rabelo, especial para Estadao Conteudo

04 Fevereiro 2017 | 08h46

Mais preocupado com o mata-mata na segunda fase preliminar da Copa Libertadores da América, o Botafogo entra em campo para enfrentar o Macaé, neste sábado, às 19h30, no estádio Engenhão, no Rio. Assim como fez na rodada anterior, quando empatou com o Nova Iguaçu, o técnico Jair Ventura escala um time reserva para a partida pela terceira rodada da Taça Guanabara, a primeira fase do Campeonato Carioca.

Apesar de o Botafogo ainda não ter vencido no Estadual, a tabela de classificação não incomoda o treinador botafoguense. Nos dois jogos disputados até aqui, o time perdeu para o Madureira e empatou com o Nova Iguaçu. Com apenas um ponto, o alvinegro é o quarto colocado, à frente do Boavista, quinto com a mesma pontuação, e o Macaé, lanterna sem nenhum ponto.

O exemplo de Jair Ventura para diminuir a importância do jogo deste sábado é Marcelo. Apesar da atuação decepcionante da equipe contra o Nova Iguaçu, o zagueiro ganhou a confiança do treinador e também um lugar no time titular, com a ausência de Carli, que ainda sente dores musculares e foi vetado do confronto de ida com o Colo Colo pela Libertadores, na última quarta-feira, também no Engenhão.

Sem a confirmação de Carli no duelo de volta da próxima quarta-feira, contra o time chileno, em Santiago, onde o Botafogo precisa empatar para avançar à terceira fase, Marcelo não foi relacionado para a partida. O atacante Sassá, com problemas disciplinares, também ficou fora da lista. Dessa forma, Joel pode ser a novidade na equipe.

Comandado pelo técnico René Simões, ex-diretor de futebol do Botafogo, o Macaé tenta se recuperar da goleada sofrida pelo Flamengo na última rodada, por 3 a 0. Autor de um gol contra, o zagueiro Aislan segue na equipe. Caso perca, o time praticamente dará adeus ao objetivo de classificar para a semifinal da Taça Guanabara.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.