Com reservas, Brasil bate Equador e garante liderança

Jogando com apenas dois titulares, a seleção brasileira sub-20 venceu o Equador por 1 a 0 na madrugada desta quarta-feira (pelo horário de Brasília), em Tacna, no Peru, e encerrou sua participação na primeira fase do Campeonato Sul-Americano Sub-20 invicta e na liderança do Grupo B, com 10 pontos.

AE, Agência Estado

26 de janeiro de 2011 | 07h48

Como a classificação para o hexagonal já estava assegurada, o técnico Ney Franco optou por escalar um time quase todo reserva. Dos titulares, apenas o volante Zé Eduardo e o atacante Henrique, autor do gol, começaram jogando. O meia Lucas entrou no segundo tempo, mas foi substituído sete minutos depois por ter recebido um cartão amarelo. Temeroso de que ele fosse expulso, Franco o trocou por Alex Sandro.

O único gol do jogo foi marcado aos 23 minutos do primeiro tempo. Henrique recebeu passe de calcanhar de Oscar e bateu firme. Logo em seguida, o time brasileiro foi beneficiado pela expulsão de Cazares. Mas, mesmo com um jogador a menos, o Equador pressionou na etapa final e chegou a acertar a trave.

Com já enfrentou todos os rivais da primeira fase, o Brasil folga na última rodada. Na sexta-feira o Equador enfrenta a Bolívia, e no dia seguinte o Equador encara o Paraguai. Todas essas quatro seleções ainda têm chance de classificação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.