Divulgação
Divulgação

Com reservas, Flamengo embolsou só R$ 555 em jogo no Maracanã

Partida contra o Madureira teve apenas 2.487 pagantes

Agência Estado

20 de fevereiro de 2014 | 19h13

RIO - O borderô do jogo do Flamengo com o Madureira, na noite de quarta-feira, no Maracanã, revela um dado inusitado. O time rubro-negro, dono da maior torcida do País, recebeu líquido pelo jogo pouco mais de R$ 500 - precisamente R$ 555,43. Apenas 2.487 pessoas pagaram ingresso para ver o time de Jayme de Almeida vencer o Madureira por 2 a 0 e se manter colado ao Fluminense com a maior pontuação (22) do Campeonato Carioca - o Fla fica em desvantagem por causa do saldo de gols.

As desculpas de que o técnico escalou os reservas, em razão da partida da semana que vem, contra o Emelec, pela Copa Libertadores, e de que o jogo seria transmitido pela TV são insuficientes para explicar o fiasco de público e renda. O que está claro este ano é o esvaziamento do Carioca, cada vez mais inexpressivo a começar pelo número excessivo de clubes (16).

O Flamengo contraiu empréstimo de R$ 27 milhões com o grupo que controla o Maracanã e, pelo acordo, passou a descontar já nesse jogo com o Madureira 35% de sua cota de bilheteria, além do total arrecadado com venda de camarotes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.