Lucas Uebel/Grêmio
Lucas Uebel/Grêmio

Com reservas, Grêmio visita o CSA para manter reação no Brasileirão

Apesar da necessidade de vitória, Renato Gaúcho vai poupar jogadores para confronto da Libertadores

Redação, Estadao Conteudo

29 de julho de 2019 | 08h00

Mais preocupado neste momento com a Copa Libertadores, o Grêmio vai novamente recorrer aos reservas para enfrentar o CSA, às 20 horas desta segunda-feira, em Maceió, no encerramento da 12ª rodada do Brasileirão. Mesmo sem os seus principais jogadores, o time gaúcho espera manter a reação iniciada na retomada da competição, após a disputa da Copa América.

Desde a volta do Brasileiro, o Grêmio derrotou o Vasco por 2 a 1 e empatou com o rival Internacional por 1 a 1, resultado considerado positivo por ter sido disputado no Beira-Rio. Foi o suficiente para se afastar das últimas colocações e começar a sonhar com o G-6. O time soma 15 pontos e figura na zona intermediária da classificação. Se vencer, ficará na beira das primeiras posições.

Para tanto, o treinador vai confiar novamente nos reservas, apesar de enfrentar um rival que está cada vez mais preocupado com o rebaixamento - o CSA é o penúltimo colocado, com apenas seis pontos.

Dos titulares, somente o zagueiro Pedro Geromel começará entre os 11. E isso porque ele não poderá jogar a partida da volta contra o Libertad, pelas oitavas de final da Libertadores, na próxima quinta, por conta de suspensão.

Os demais titulares até viajaram com a delegação gremista para Maceió, mas não devem ser utilizados por Renato Gaúcho. A meta do clube é ir direto de Alagoas para Assunção, no Paraguai, após a partida no estádio Rei Pelé. No jogo de ida, os gremistas venceram por 2 a 0, na capital gaúcha.

Apostando nos reservas, o treinador vai improvisar o lateral Rafael Galhardo no meio-campo, deixando o veterano Léo Moura na defesa. Paulo Miranda atuará ao lado de Geromel na zaga. O ataque terá mais uma vez Diego Tardelli.

CSA busca reação

Depois da derrota por 4 a 0 para o Athletico-PR, na última rodada, o CSA deve enfrentar o Grêmio com mudanças drásticas em sua formação. O técnico Argel Fucks evitou fazer mistério nos últimos dias e treinou com uma equipe completamente diferente no encerramento da preparação para o duelo a ser disputado diante de sua torcida, no estádio Rei Pelé, em Maceió.

Dos titulares contra o Athletico, apenas quatro seguem no time: o goleiro Jordi, o zagueiro Alan Costa, o atacante Ricardo Bueno e o volante Dawhan. Este último, no entanto, será deslocado para a lateral-direita.

O treinador também abriu mão do esquema com três atacantes, sacando Cassiano e Alecsandro do time para preencher mais o meio-campo, com Nilton, João Vitor Jonathan Goméz e Didira.

"Hoje nós não temos onze titulares. Nós estamos dando oportunidade aos jogadores para eles se escalarem, uma chance para eles entrarem em campo e mostrarem o trabalho deles e a performance que vai mantê-los no time ou não. Testamos formações nos treinamentos e vamos com um esquema com dois volantes, dois meias e dois atacantes", define Argel.

O provável time titular do CSA para essa segunda-feira é formado por Jordi; Dawhan, Alan Costa, Luciano Castán e Carlinhos; Nilton, João Vitor, Jonatan Goméz e Didira; Maranhão e Ricardo Bueno.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.