Peter Powell / EFE
Peter Powell / EFE

Com reservas, Liverpool supera Everton e avança na Copa da Inglaterra

Curtis Jones, de 18 anos, fez o único gol da partida acertando o ângulo do goleiro Pickford

Redação, Estadão Conteúdo

05 de janeiro de 2020 | 16h51

O Liverpool não precisou além dos seus reservas para triunfar neste doingo pela Copa da Inglaterra. Mesmo com uma formação escalada só com suplentes pelo técnico Jürgen Klopp, o time avançou à quarta fase da competição ao derrotar o Everton por 1 a 0, no Anfield Road, com gol de Curtis Jones.

O triunfo ampliou a invencibilidade do Liverpool no clássico com o Everton. Agora são 21 partidas, sendo que a última derrota para o oponente foi em 2010, em série ampliada mesmo com a escalação dos titulares pelos rivais, que tiveram Richarlison como titular e ainda acionaram Bernard durante o segundo tempo. O ex-atacante do Fluminense deu trabalho ao goleiro Adrián, destaque do primeiro tempo do clássico, mas não conseguiu evitar o tropeço da equipe dirigida por Carlo Ancelotti.

Com um time bastante modificado, o Liverpool promoveu a estreia do japonês Takumi Minamino, recém-contratado pelo Red Bull Salzburg, e também utilizou vários jovens, como o atacante Harvey Elliott, de apenas 16 anos. E gol da vitória foi de outra promessa, Curtis Jones, de 18 anos. Aos 25 minutos, ele tabelou com Origi na entrada da área e acertou o ângulo esquerdo da meta defendida por Pickford em uma bela finalização, assegurando o triunfo do Liverpool.

Classificado à próxima etapa da Copa da Inglaterra, o Liverpool voltará a jogar no próximo sábado, quando visitará o Tottenham pelo Campeonato Inglês. No mesmo dia, o Everton atuará como mandante diante do Brighton.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.