Com reservas, Palmeiras bate o Paulista e segue 100% em 2009

No Pacaembu, time alviverde supera a equipe de Jundiaí por 1 a 0 e segue na liderança do Paulistão deste ano

Rafael Vergueiro, estadao.com.br

14 de fevereiro de 2009 | 18h55

Paulo Liebert/AEEvandro comemora gol do Palmeiras - que garantiu a vitória -, para lamentação do defensor do Paulista SÃO PAULO - Mesmo com os reservas em campo, o Palmeiras manteve na tarde deste sábado os 100% de aproveitamento na temporada 2009. No Pacaembu, em partida válida pela oitava rodada do Campeonato Paulista, a equipe bateu o Paulista por 1 a 0 e manteve a liderança da competição, agora com 21 pontos (sete vitórias em sete jogos).Veja também:Luxemburgo critica a arrogância do árbitro no PacaembuPalmeirenses comemoram campanha perfeita em 2009Após 9.ª vitória em 2009, Luxemburgo garante ter 'pés no chão'Evandro considera o Paulista o adversário mais difícil do ano Paulistão 2009 - Tabela e classificação Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão Com o resultado positivo, o alviverde vai tranquilo para o Equador (a maior parte dos titulares já estão em Quito) para o confronto da próxima terça contra a LDU, na estreia do clube na Copa Libertadores. Já o Paulista, com apenas seis pontos, segue na luta contra o rebaixamento.O confronto deste sábado foi fraco tecnicamente, já que os palmeirenses, apesar de terem um nível técnico superior, demonstraram pouco entrosamento. O gol salvador só veio aos 19 minutos do segundo tempo, em uma bela jogada de Evandro, que invadiu a área em velocidade e deu um leve toque para encobrir o goleiro André Luís.A partida teve como uma das principais atrações o retorno do goleiro Marcos, que estava duas semanas parada devido a uma lesão na coxa direita. Devido a falta de ritmo, ele pulou atrasado em algumas bolas, mas levou sorte e não atrapalhou a equipe. PALMEIRAS1Marcos; Maurício Ramos, Jeci    , Maurício; Wendel     (Paulo Miranda), Jumar    , Souza, Evandro e Jefferson    ; Lenny (Max) e Marquinhos (Deyvid Saconi).Técnico: Vanderlei Luxemburgo PAULISTA0André Luís; Marcelo Xavier, Eli Sabiá, Freire e Eduardo (Jaílson); Devas, Marcelo Toscano (Rafael Costa), Rodrigo Santos    , Francisco Alex (Léo) e Felipe Azevedo: Zé Carlos. Técnico: GibaGol: Evandro aos 19 minutos do segundo tempo.Árbitro: Márcio Roberto SoaresPúblico: 6.553 pagantesRenda: R$ 214.185,00Estádio: Pacaembu, em São Paulo (SP)Entre os atletas de linha, destaque para o lateral-esquerdo Jefferson, que sempre levou perigo em suas rápidas descidas pela lateral do campo. Pelos lados do Paulista, Zé Carlos assustou a torcida palmeirense, principalmente após o gol adversário, mas não conseguiu superar Marcos.Nos instantes finais da partida, a equipe comandada por Vanderlei Luxemburgo ainda levou sorte para deixar o campo com a vitória. Em lance confuso na grande área aos 35 minutos, Felipe Azevedo ganhou da marcação e chutou forte para acertar a trave. Depois disso, os visitantes ainda pressionaram, mas não conseguiram mais criar chances claras de gol. CHUVA E SONOA partida deste sábado, que foi realizada no Pacaembu devido às eleições do conselho deliberativo do Palmeiras no Palestra Itália, começou com uma leve garoa e fraca tecnicamente. Com os reservas, o Palmeiras demonstrava falta de entrosamento e o Paulista tinha pouca qualidade.A equipe do técnico Giba, que agora tem seis derrotas e somente duas vitórias no Campeonato Paulista, só 'acordou' no jogo depois de levar o gol. Antes disso, se contentou em defender e pouco ameaçava nos contra-ataques.Já o Palmeiras, com Marquinhos e Lenny no ataque, também estava em uma tarde pouco inspirada e foi salvo por um lance de brilhantismo de Evandro. A defesa, formada por Maurício, Maurício Ramos e Jeci, foi bem até os instantes finais, mas quase falhou no fim e permitiu o gol de empate da equipe de Jundiaí.No entanto, mesmo que de forma sofrida, o alviverde conseguiu o mais importante (a vitória) e segue com folga na ponta da tabela, com o mesmo número de partida e quatro pontos a mais do que o vice-líder Corinthians.O Palmeiras só volta a jogar pelo Campeonato Paulista no próximo sábado, quando encara a Portuguesa no Canindé . O Paulista recebe no mesmo dia o Marília.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.