Com reservas, Vasco vence o América-MG e lidera

O Vasco alcançou 19 jogos de invencibilidade e terminou a rodada na liderança do Campeonato Brasileiro, ao lado do Atlético-MG, ao vencer, com um time reserva, o América-MG por 3 a 0, na noite deste domingo, em São Januário. O técnico da equipe carioca, Ricardo Gomes, quis poupar o grupo que vai começar a decidir a Copa do Brasil, na quarta-feira, contra o Coritiba. Dos titulares, ele só escalou o goleiro Fernando Prass.

SILVIO BARSETTI, Agência Estado

29 de maio de 2011 | 20h44

O meia Bernardo, um trunfo do time, foi quem fez o primeiro gol, logo aos 9 minutos, numa cobrança de pênalti sofrido por Leandro. No intervalo, Bernardo deixou o time, escapando de um eventual risco de contusão. Com três gols, o jovem é o artilheiro do Campeonato.

Com mais volume de jogo, o América, mesmo em desvantagem no placar, foi melhor no primeiro tempo. Fernando Prass, muito exigido, fez três defesas difíceis nos 45 minutos iniciais.

O lance decisivo da partida nasceu dos pés de Jéferson. Com elegância, ele dominou a bola no campo do seu time, deu um drible desconcertante em Leandro Ferreira, avançou com estilo e deu um belo passe para Enrico marcar o segundo gol. O segundo tempo apenas começava e o Vasco não deixava o adversário reagir. No final, num contra-ataque veloz, Élton fez o terceiro.

FICHA TÉCNICA:

Vasco 3 x 0 América-MG

Vasco - Fernando Prass; Fagner, Jomar, Fernando e Max; Jumar, Felipe Bastos, Jéferson (Misael) e Bernardo (Enrico); Leandro (Chaparro) e Élton. Técnico - Ricardo Gomes.

América-MG - Flávio; Sheslon, Anderson, Gabriel e Carleto; Dudu, Leandro Ferreira, Amaral (Luciano) e Rodriguinho (Kempes); Eliandro e Fábio Júnior (Alessandro). Técnico - Mauro Fernandes.

Gols - Bernardo, aos 9 minutos do primeiro tempo. Enrico, aos 2, e Élton, aos 45 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Francisco Carlos Nascimento (AL)

Cartões amarelos - Dudu, Gabriel, Eliandro e Jumar.

Cartão vermelho - Dudu.

Renda - R$ 63.880,00.

Público - 2.626 pagantes.

Local - São Januário, no Rio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.