Ivan Storti/ Divulgação
Ivan Storti/ Divulgação

Com Robinho, Santos treina completo para decisão na Vila Belmiro

Valencia e Gustavo Henrique também estão recuperados

Estadão Conteúdo

30 de abril de 2015 | 20h41

Na tarde desta quinta-feira, o Santos fez o último treinamento aberto aos jornalistas antes da final do Campeonato Paulista e três jogadores que eram dúvida participaram normalmente e devem enfrentar o Palmeiras, neste domingo, na Vila Belmiro. O atacante Robinho, o volante colombiano Valencia e o zagueiro Gustavo Henrique mostraram estar recuperados das lesões que os tiraram do jogo de ida da decisão, realizado no estádio Allianz Parque, em São Paulo.

Nos 15 minutos em que a atividade foi aberta no CT Rei Pelé, o trio estava no campo trabalhando junto com os companheiros e orientados pelo técnico Marcelo Fernandes. Robinho correu bastante e brincou com os colegas durante o aquecimento. Recuperado de edema na coxa esquerda, o atacante era a principal preocupação da comissão técnica.

Outro alívio foi o retorno de Gustavo Henrique, já que o setor defensivo tem poucas opções. Paulo Henrique está suspenso - foi expulso na primeira partida da decisão - e Werley ainda se recupera de dengue e não deve ter condições de jogar a final.

Nesta sexta-feira e no sábado a equipe termina a preparação para a decisão em duas atividades fechadas. Nesta quinta, um vídeo vazado na internet irritou os jogadores. Na gravação, Robinho, Gabriel e Alison cantavam um funk e prometiam "detonar o Palmeiras".

Segundo Lucas Lima, o elenco quer descobrir quem espalhou o material para pessoas de fora do clube. "Sempre fazemos isso nas concentrações, queríamos deixar isso bem claro. É uma coisa nossa. Infelizmente, vazou. Vamos ver quem está passando estes vídeos", disse o meia.

O zagueiro David Braz também defendeu a gravação e disse que era um brincadeira. "Não foi provocação, foi uma coisa sadia, para descontrair o ambiente em um momento de tensão".

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCcampeonato paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.