Rodrigo Fatturi/Grêmio
Rodrigo Fatturi/Grêmio

Com rodízio no Grêmio, Matheus Henrique espera por chance em duelo contra Vitória

Volante destaque do Brasileirão de Aspirantes revelou que tem uma 'responsabilidade ainda maior' para a partida

Estadão Conteúdo

11 Agosto 2018 | 20h25

Destaque no Brasileirão de Aspirantes pelo Grêmio, o volante Matheus Henrique pode voltar a ganhar uma chance no time profissional depois de ter sido um dos poucos destaques da equipe de base que foi utilizada pelo clube nos primeiros jogos da campanha do último Campeonato Gaúcho. Em entrevista coletiva neste sábado, ele revelou que tem uma "responsabilidade ainda maior" na partida contra o Vitória, às 19 horas deste domingo, na Arena Grêmio, em Porto Alegre, pelo Brasileirão.

"Desde que integrei o grupo, eu faço meu melhor sempre. Eu acredito que estou em um lugar privilegiado, onde muitos queriam estar. Vou continuar fazendo o que faço, treinar bastante e, quando o professor precisar, vou dar o meu melhor", afirmou Matheus Henrique.

O jogador revelou que aprova o rodízio promovido por Renato Gaúcho, pois possibilita que todos jogadores tenham oportunidades. "O Grêmio entra nas três competições para ganhar. Esse revezamento é bom porque o Renato dá oportunidade para todo mundo. Não tem essa de prioridade, nós vamos entra com tudo para conquistar os três pontos", completou.

Matheus foi um dos destaques do time sub-23 na goleada por 5 a 1 sobre o Avaí, em Novo Hamburgo, na última quarta-feira, pela sexta rodada do Brasileirão de Aspirantes. Matheus ressaltou a necessidade de manter o nível nos compromissos pelas duas categorias e disse ainda que mantém o ritmo de jogo necessário para entrar em campo e não sentir dificuldades contra o Vitória.

"Tem muita diferença. A gente aqui no dia a dia treina com o time que é o atual campeão da América, vice-campeão mundial. Ou seja, estamos sempre treinando com jogadores de alto nível. Quando a gente desce para jogar (nos aspirantes), tentamos minimizar ainda mais os erros, porque a gente tem essa responsabilidade ainda maior. Temos que corresponder à altura", destacou o volante.

Neste sábado, o técnico Renato Gaúcho fez os últimos ajustes no Grêmio para o duelo com o Vitória e fechou o acesso da imprensa na maior parte dos trabalhos. Quando a entrada dos jornalistas foi liberada, os jogadores já disputavam o tradicional rachão de véspera de partidas.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.