Marcio Persivo/ Fortaleza
Marcio Persivo/ Fortaleza

Com Romarinho, Fortaleza tem dúvidas para disputar o clássico contra o Ceará

Equipe tricolor soma apenas uma vitória nos últimos dez jogos e se vê mais ameaçada pela zona de rebaixamento

Redação, Estadão Conteúdo

20 de dezembro de 2020 | 14h41

Apesar de contar com Romarinho, um dos destaques da equipe na temporada, o Fortaleza terá alguns problemas para encarar o arquirrival Ceará neste domingo, às 20h30, no Castelão, pela 26.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico Marcelo Chamusca não sabe se poderá contar com os zagueiros Quintero e Roger Carvalho, além do goleiro Max Walef, todos no departamento médico.

Caso não possa contar mesmo com o trio, o Fortaleza terá o goleiro Felipe Alves como titular, protegido pelos defensores Jackson e Paulão. Um desfalque certo é Derley, que testou positivo para o coronavírus.

O treinador só tem uma dúvida e ela aparece no setor ofensivo. Bergson formou o trio de ataque com Romarinho e David durante os treinamentos, mas Wellington Paulista corre por fora por uma vaga entre os titulares.

"A torcida pode esperar muita vontade e muita entrega. A gente sabe da dificuldade que vai ser, mais um Clássico, o último do ano. Vai ser um jogo truncado, mas esperamos conseguir essa vitória que vai ser importantíssima para nós", disse Tinga.

Marcelo Chamusca, assim como o Fortaleza, entra pressionado na rodada. Em seis jogos à frente do time cearense, o treinador conquistou apenas uma vitória. Hoje, o clube soma 30 pontos, no meio da tabela de classificação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.