Com Romário, Flu derrota o Vitória por 2 a 0

Após dois meses parado por causa de uma contusão, o atacante Romário voltou a atuar e ajudou o Fluminense a derrotar o Vitória, por 2 a 0, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. O artilheiro foi o autor do segundo gol que garantiu aos cariocas a fuga da zona de rebaixamento e a quebra de um jejum de três meses sem vencer no estádio. Agora, o Fluminense ocupa a 21ª posição. A pressão por estar na zona de rebaixamento parecia ter afetado os jogadores do Fluminense. O time não conseguia articular bons ataques e nem mesmo a presença de Romário servia para animar o Tricolor. Apesar de estar um pouco melhor em campo, as chances de gol eram poucas. O Vitória, com um esquema de três zagueiros, segurava o ímpeto do Fluminense e administrava a partida. E, às vezes, tentava assustar o goleiro Fernando Henrique. A inoperância do Tricolor começou a gerar impaciência na torcida, que começou a vaiar. O atacante Joãozinho respondeu com bom passe para Carlos Alberto, mas ele finalizou por cima do gol. Aos 33 minutos, porém, veio o alívio para os cariocas. O meia Lopes, em jogada individual, chutou sem chances para Juninho. No segundo tempo, o Vitória voltou pressionando e quase empatou nos primeiros minutos. O volante Moura cruzou e Alecsandro desviou. Fernando Henrique espalmou para escanteio. O Fluminense respondeu com Joãozinho, que só não ampliou para o Tricolor porque Juninho foi mais rápido e afastou o perigo. Ambas as equipes continuaram se alternando no ataque e desperdiçando boas oportunidades. Aos 28 minutos, o zagueiro Marcos fez falta dura. Como já tinha recebido o cartão amarelo, foi expulso. Com um a menos, o Vitória se encolheu e o Fluminense foi em busca do segundo gol. E conseguiu. O lateral-direito Jancarlos driblou Paulo Rodrigues e foi derrubado dentro da área. O árbitro Walace Valente assinalou pênalti. Romário cobrou e deu números finais ao jogo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.