Lucas Figueiredo/ CBF
Lucas Figueiredo/ CBF

Com seis medalhistas olímpicos e Raphinha como novidade, Tite convoca seleção para Eliminatórias

Brasil tem três compromissos no mês de setembro, diante de Chile, Argentina e Peru

Redação, Estadão Conteúdo

13 de agosto de 2021 | 11h26

Com seis campeões olímpicos nos Jogos de Tóquio-2020, o técnico Tite convocou nesta sexta-feira a seleção brasileira para a rodada tripla das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, que será no Catar, contra Chile, Argentina e Peru. Os laterais Daniel Alves e Guilherme Arana, o volante Bruno Guimarães, o meia Claudinho e os atacantes Richarlison e Matheus Cunha foram chamados agora para o time principal. Outra novidade é o atacante Raphinha, do Leeds United.

Esta será a primeira vez que o grupo da seleção brasileira principal se reunirá depois do vice-campeonato da Copa América, no mês passado - derrota na final para a Argentina por 1 a 0, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

Além de Daniel Alves, do São Paulo e de volta à seleção principal aos 38 anos, outros quatro jogadores atuam em clubes do Brasil - casos de Guilherme Arana, do Atlético-MG, do goleiro Weverton, do Palmeiras, do meia Éverton Ribeiro e do atacante Gabriel, ambos do Flamengo. Inicialmente, esses atletas desfalcarão suas equipes na 19.ª rodada do Campeonato Brasileiro, na partida de volta das quartas de final da Copa do Brasil e, possivelmente, também no duelo de ida das semifinais. Mas a CBF buscará soluções para readequar o calendário e não prejudicar esses times.

O primeiro desafio da equipe comandada por Tite será no dia 2 de setembro, pela nona rodada, contra o Chile, em Santiago. Na sequência, o Brasil jogará duas vezes com mandante. No dia 6, pela sexta rodada - uma das adiadas de março -, a rival será a Argentina, na Neo Química Arena, em São Paulo. Três dias depois, o adversário será o Peru, pela 10.ª rodada, a primeira do returno das Eliminatórias, na Arena Pernambuco, no Recife.

Em outubro, o Brasil terá pela frente Venezuela e Colômbia, como visitante, e o Uruguai, como mandante (provavelmente na Arena Amazônia, em Manaus). A seleção brasileira lidera as Eliminatórias com seis vitórias em seis jogos e 100% de aproveitamento. Argentina, Equador e os uruguaios completam a zona de classificação direta à Copa do Mundo de 2022, enquanto que os colombianos, que figuram na quinta posição, disputariam neste momento a repescagem.

PROGRAMAÇÃO

No próximo dia 29, a comissão técnica da seleção começa a se apresentar em São Paulo. Por lá, a delegação ficará hospedada e nos dois dias seguintes, já com os jogadores se apresentando, a equipe fará dois treinamentos no CT do Corinthians. Já na quarta-feira, dia 1.º, a atividade está marcada para as 10h30. Às 16 horas, o Brasil viaja para o Chile, onde enfrentará os donos da casa no dia seguinte, às 21 horas (horário local).

A volta ao Brasil será na sexta-feira. No sábado, às 11 horas, a seleção treinará no local da partida do dia seguinte, a Neo Química Arena, em São Paulo. No domingo, o clássico com a Argentina está marcado para as 16 horas.

A seleção ainda fará mais dois treinamentos no CT do Corinthians (nos dias 6 e 7) antes de embarcar para Pernambuco. A viagem para o Recife está marcada para as 20h30 do dia 7. Em solo pernambucano, Tite comandará uma atividade na Arena Pernambuco, às 17h30 do dia 8. Brasil e Peru se enfrentam no dia seguinte, às 21h30. A delegação será liberada após a partida.

Confira a lista completa de convocados:

Goleiros - Alisson (Liverpool-ING), Ederson (Manchester City-ING) e Weverton (Palmeiras);

Laterais - Alex Sandro (Juventus-ITA), Danilo (Juventus-ITA), Daniel Alves (São Paulo) e Guilherme Arana (Atlético-MG);

Zagueiros - Marquinhos (Paris Saint-Germain-FRA), Thiago Silva (Chelsea-ING), Eder Militão (Real Madrid-ESP) e Lucas Veríssimo (Benfica-POR);

Meio-campistas - Casemiro (Real Madrid-ESP), Fred (Manchester United-ING), Lucas Paquetá (Lyon-FRA), Claudinho (Zenit St.Petersburg-RUS), Bruno Guimarães (Lyon-FRA), Everton Ribeiro (Flamengo) e Fabinho (Liverpool-ING);

Atacantes - Neymar (Paris Saint-Germain-FRA), Gabriel Jesus (Manchester City-ING), Richarlison (Everton-ING), Matheus Cunha (Hertha Berlin-ALE), Roberto Firmino (Liverpool-ING), Gabriel (Flamengo) e Raphinha (Leeds United-ING).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.