Fábio Wosniak/Athletico-PR
Fábio Wosniak/Athletico-PR

Com sete desfalques, Athletico-PR encara São Paulo no Morumbi

Eduardo Barros assume o comando da equipe pela primeira vez desde a saída de Tiago Nunes, que acertou ida ao Corinthians

Redação, Estadão Conteúdo

10 de novembro de 2019 | 15h25

Sem maiores ambições no Brasileirão, o Athletico-PR vai encarar o São Paulo neste domingo, às 16 horas, com uma formação desfigurada. Substituto de Tiago Nunes, que acertou com o Corinthians, o técnico interino Eduardo Barros terá sete desfalques para o duelo marcado para o Morumbi, pela 32ª rodada da competição.

O zagueiro e o atacante Marco Rúben estão suspensos. Os meias Bruno Guimarães e Léo Cittadini sofreram lesões ligamentares no tornozelo e se juntam ao departamento médico com o lateral Jonathan e o zagueiro Lucas Halter. O também lateral Adriano foi diagnosticado com uma lesão na coxa e tem previsão de retorno para daqui a 20 dias.

"Vou privilegiar a meritocracia. Temos um grupo mobilizado, que está tratando o campeonato com total seriedade. Vou dar chance para aquele que estiver treinando bem, se entregando. Quem fizer isso, terá mais minutos em campo. Vamos com a melhor equipe possível para São Paulo", afirmou o treinador.

O volante Wellington, por sua vez, falou do objetivo do time paranaense no campeonato e fez uma breve análise do que esperar do confronto contra o São Paulo. No primeiro turno, o time paulista venceu, na Arena da Baixada, por 1 a 0.

"Esse é o foco desde o início: colocar o Athletico onde merece. Não podemos aceitar menos que estar no G-6. Vamos entrar focados para conseguir os resultados positivos. Eles buscam o G-4 e vamos encontrar dificuldades, mas temos um padrão de jogo e não vamos mudar", diz o jogador rubro-negro.

O Athletico entra na rodada na sétima colocação, com 47 pontos, apenas um atrás do Corinthians, o primeiro dentro do G-6, a zona de classificação à próxima edição da Copa Libertadores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.