Heber Gomes/ ACG
Heber Gomes/ ACG

Com sete desfalques, Atlético-GO enfrenta Fortaleza para seguir longe da degola

Equipe goianiense perdeu apenas um dos últimos cinco jogos pelo Campeonato Brasileiro

Redação, Estadão Conteúdo

24 de janeiro de 2021 | 16h14

Após vencer o Botafogo por 3 a 1 e ficar mais próximo de cravar a permanência na elite nacional, o Atlético Goianiense terá sete desfalques para o duelo com o Fortaleza, marcado para este domingo, às 18h15, no estádio Antônio Accioly, pela 32.ª rodada do Campeonato Brasileiro. A lista é extensa e engloba casos de lesão, suspensão e até questões contratuais.

O zagueiro Oliveira e o volante Pereira estão suspensos, enquanto o lateral Nicolas, o volante Rithely, o meia Chico e o atacante Roberson foram barrados pelo departamento médico. Por fim, Matheus Vargas, por questões contratuais, não poderá entrar em campo.

Apesar disso, o técnico Marcelo Cabo tem só uma única dúvida durante os treinos, no setor defensivo, entre João Victor e Gilvan. O primeiro é o favorito para iniciar o duelo. A esperança de gols segue nos pés de Zé Roberto, um dos líderes do elenco.

"O Zé tem valor e qualidade. O que precisávamos era passar confiança a ele. Trabalhamos a parte mental. Cobrei bastante, pedi para ele ser muito esse homem de área. Logo veio o resultado, com um gol e uma assistência. Muito importante ele voltar a fazer, pois agora é reta final de competição e vamos precisar demais do nosso artilheiro", comentou o treinador.

Com 39 pontos, o Atlético criou uma "gordura" na luta contra a degola. O time goiano ocupa a 13.ª colocação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.