Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Com oito desfalques, Palmeiras testa força do elenco diante do Ceará pela Copa do Brasil

Time alviverde abre confronto das quartas de final dentro de casa com formação bastante modificada

Ciro Campos, O Estado de S.Paulo

11 de novembro de 2020 | 05h00

Um Palmeiras bastante modificado e enfraquecido enfrenta o Ceará nesta quarta-feira, às 16h30, no Allianz Parque, para iniciar a disputa por vaga na Copa do Brasil. O técnico Abel Ferreira não deve contar com até oito titulares e logo no terceiro jogo no comando da equipe, terá de encarar a dificuldade do apertado calendário brasileiro e buscar soluções dentro do próprio elenco.

A equipe alviverde perdeu atletas por causa de uma combinação entre lesões, casos de coronavírus e convocações para a disputa das Eliminatórias. Por parte das seleções, o Brasil levou Weverton e Gabriel Menino enquanto o Paraguai convocou Gómez e o Uruguai chamou Viña. Com a linha de defesa sem três dos quatro titulares, Abel deve improvisar o meia Gustavo Scarpa na lateral-esquerda e apostar no zagueiro Emerson Santos, que realizou somente três jogos no ano. A última baixa foi Luan, diagnosticado com covid-19. O chileno Kuscevic deve entrar no lugar.

No meio-campo para frente o problema foi causado por lesões. O volante Felipe Melo operou o tornozelo esquerdo e ficará meses afastado. O mesmo vale para o atacante Wesley, que tem problema no joelho esquerdo. Outra possível baixa é o atacante Luiz Adriano, com sobrecarga muscular. Pelo menos há mais opções no elenco para recompor esse setor, sem a necessidade de improvisações.

A novidade no time titular deve ser o volante Danilo, de apenas 19 anos. O jogador tem agradado bastante ao treinador português e entrou nos dois últimos jogos do time. O novato conquistou até a preferência na disputa por vaga com Patrick de Paula. No ataque, caso Luiz Adriano não jogue, Willian pode fazer o papel de centroavante.

Para o Palmeiras superar os desfalques será fundamental para encaminhar uma classificação mais tranquila. Como o jogo da volta será na próxima quarta-feira, em Fortaleza, é possível que os jogadores cedidos às seleções não retornem a tempo. Por isso, o time procurou nos treinamentos melhorar o entrosamento, até mesmo para usar uma escalação parecida no domingo, quando enfrenta o Fluminense, pelo Campeonato Brasileiro.

O treinador português indicou que não gosta de fazer rodízio de jogadores e prefere manter o time pelo máximo de tempo possível. Após assumir o cargo e conquistar duas vitórias por 1 a 0 contra Red Bull Bragantino e Vasco, Abel vai precisar de um placar mais confortável neste jogo ida para não ter problemas diante do adversário no Castelão.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS X CEARÁ

PALMEIRAS: Jailson; Marcos Rocha, Emerson Santos, Kuscevic e Gustavo Scarpa; Danilo, Zé Rafael e Raphael Veiga; Rony, Gabriel Veron e Willian. Técnico: Abel Ferreira.

CEARÁ: Fernando Prass; Samuel Xavier, Luiz Otávio, Tiago e Bruno Pacheco; Charles, Fabinho e Felipe Silva; Fernando Sobral, Léo Chú e Rafael Sobis. Técnico: Guto Ferreira.

Juiz: Bráulio Machado (SC)

Horário: 16h30

Na TV: SporTV

Local: Allianz Parque

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.