Com sete jogadores da base, América-MG visita Santos na despedida da Séria A

Já rebaixada, equipe mineira quer encerrar temporada de forma digna

Estadão Conteúdo

11 de dezembro de 2016 | 07h10

Lanterna e rebaixado no Campeonato Brasileiro, o América-MG aproveitará o duelo contra o Santos neste domingo, às 17 horas, na Vila Belmiro, para observar os jogadores da base do clube. O técnico Enderson Moreira deve escalar sete atletas que iniciaram a carreira no time mineiro.

Os zagueiros Messias e Roger foram confirmados como titulares. E o lateral-esquerdo Diego ganhará uma chance para estrear por causa da saída de alguns jogadores do elenco, como Bruno Teles e Gilson, que atuavam na posição. O volante Danilo, que também já jogou improvisado no setor, teve as férias antecipadas.

"Desde cedo a nossa formação é para isso, jogar bem quando aparecer as oportunidades e, o mais importante, ajudar o América. Independente da nossa situação queremos jogar e fazer um grande jogo lá em Santos", observou Diego, de 18 anos.

Além de dos três, o treinador deverá mandar a campo o goleiro Glauco, os volantes Cristian e Renato Bruno e o meia Xavier, todos da base. Revelado em 2015, Xavier é um dos mais experientes entre os garotos, com 24 partidas pelo time principal - sete neste ano.

"Vale a dignidade. Ir lá, fazer um bom trabalho e mostrar para todos o nosso potencial. Também vale para gente, que não estava tendo muitas oportunidades. Temos que ir para Santos, mostrar o nosso trabalho e honrar a camisa do América", comentou Xavier.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.