Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Com sete pendurados, Palmeiras se preocupa em zerar cartões para mata-mata

Time vai para a última rodada da primeira fase, contra a Ponte Preta, com a vaga já garantida

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

18 de março de 2019 | 11h17

O Palmeiras vai enfrentar a Ponte Preta, na quarta-feira, no Allianz Parque, com a classificação já garantida para a próxima fase do Campeonato Paulista e de olho em preservar jogadores de possíveis suspensões. O time do técnico Luiz Felipe Scolari tem sete atletas com dois amarelos e que podem ficar fora da primeira partida das quartas de final se receberem outro cartão.

Como o regulamento do Estadual prevê que na virada da primeira para a segunda fase os cartões sejam zerados, a rodada final pode ter jogadores poupados justamente para que o elenco comece a etapa decisiva da competição com força máxima. O adversário nas quartas de final será o Novorizontino. Curiosamente, a equipe também enfrentou o Palmeiras nesta etapa do torneio em 2017 e 2018.

Estão pendurados os laterais Mayke e Diogo Barbosa, os volantes Thiago Santos e Felipe Melo, o meia Moisés e o atacante Borja. Completa a lista o zagueiro Luan, que está com lesão na coxa esquerda e só voltará ao time nas próximas semanas. Portanto, é possível que o Palmeiras seja escalado contra a Ponte Preta com uma formação bastante modificada.

A equipe inicia a preparação com treino na tarde desta segunda-feira, na Academia de Futebol. O Palmeiras deve ter como novidade para quarta-feira o atacante Deyverson, que cumpriu os seis jogos de suspensão no Campeonato Paulista por ter cuspido no corintiano Richard no clássico de 2 de fevereiro. Para a partida com a Ponte Preta o clube já vendeu 19 mil ingressos.

Para Entender

Guia do Paulistão 2019: tudo o que você precisa saber sobre a competição

Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo vão iniciar competição com menos de três semanas de pré-temporada

 

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasCampeonato Paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.