Heino Kalis/Reuters
Heino Kalis/Reuters

Com show de Boateng, Levante acaba com invencibilidade do Barcelona no Espanhol

Brasileiro Philippe Coutinho faz três gols, mas não evita primeiro tropeço da equipe catalã na competição

Estadão Conteudo

13 Maio 2018 | 18h10

O Levante acabou com a invencibilidade do Barcelona no Campeonato Espanhol e impediu a equipe catalã de fazer história. O atacante Emmanuel Boateng marcou três gols e conduziu a vitória por 5 a 4, neste domingo, em Valência, na penúltima rodada da competição.

+ TEMPO REAL - Confira os lances da partida

+ Confira a tabela de classificação do Campeonato Espanhol

+ Em adeus à torcida na temporada, Real Madrid massacra o Celta por 6 a 0

O Barcelona estava há 36 jogos sem perder. Eram 27 triunfos e nove empates. Campeão espanhol com cinco rodadas de antecedência, a motivação do time azul-grená era manter a invencibilidade e entrar para a história. Até hoje, apenas Athletic e Real Madrid foram campeões nacionais sem perder nenhum jogo, em 1931 e 1932, respectivamente, quando o torneio tinha apenas 18 dias de duração.

Sem o craque Messi, que não foi relacionado por opção do técnico Ernesto Valverde, o brasileiro Philippe Coutinho ficou com a responsabilidade de levar o Barcelona a manter a performance. O meia até fez boa atuação. Porém, não foi o suficiente. Marcou três gols, mas o restante da equipe não o acompanhou.

A defesa, com Piqué e Mina, foi desastrosa. Pela primeira vez no campeonato tomou mais do que dois gols. O meio-campo tentou tabelas curtas pelo miolo da zaga adversária, sempre destruídas pelo aguerrido sistema defensivo do Levante, que explorou bem os contra-ataques.

Com a bola nos pés, o clube valenciano colocou a equipe mista do Barcelona na roda. E chegou a fazer 5 a 1 no placar.

Boateng fez o primeiro gol aos 9 minutos do primeiro tempo. E ampliou aos 30. Coutinho diminuiu aos 38 e deu esperança ao torcedor do Barcelona. Mas, no início do segundo tempo, os catalães sofreram um 'apagão' e tomaram três gols em dez minutos. Enis Bardhi a menos de 1 minuto, Boateng aos 4 e outra vez Bardhi aos 10 marcaram para o Levante.

Em enorme desvantagem, restou ao Barcelona se jogar ao ataque. Deu resultado. Coutinho fez aos 14 e aos 19. O atacante Suárez marcou o quarto, de pênalti, aos 26. Os campeões tinham ainda mais 20 minutos para buscar o empate. Foram com tudo, mas nervosos e desordenados. O adversário levava perigo nos contra-ataques.

No final, quem escreveu seu nome na história foi o Levante, que derrubou o invicto sob a batuta de Boateng: 5 a 4. O resultado expressivo fez o Levante chegar aos 46 pontos na 15ª posição. Com a mesma pontuação, o Espanyol assumiu o 14º lugar ao golear o lanterna e rebaixado Málaga por 4 a 1, em Barcelona, no outro confronto que fechou neste domingo a penúltima rodada do Espanhol.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.