Com show de Molina Santos goleia o Ituano na Vila Belmiro

Com um a menos time vence por 4 a 1 e conquista segunda vitória seguida pela primeira vez na temporada

Tercio David, estadao.com.br

24 de fevereiro de 2008 | 20h08

Foi uma apresentação de gala de Molina. O camisa 10 participou de todos os gols do Santos, na vitória por 4 a 1 sobre o Ituano, neste domingo, na Vila Belmiro, pela 11.ª rodada do Campeonato Paulista.   Veja também:  Classificação  Resultados e calendário   Leão: goleada do Santos teve começo difícil e final feliz "Foi um bom jogo e a vitória foi muito valiosa. Estou muito contente e quero agradecer aos companheiros por ter conseguido fazer uma partida destas logo no meu quarto jogo", disse Molina na saída do gramado.   Com o resultado, o Santos (que pela primeira vez ganhou dois jogos seguidos) se distanciou da zona do rebaixamento. Com 14 pontos, o time subiu para a 11.ª colocação e superou inclusive o Ituano, que ficou com 13 pontos. Após a quarta derrota seguida, o técnico Pintado pediu demissão.   "Esta equipe está precisando de apoio e talvez tenha chegada a hora de uma mudança. Quem sabe isto possa motivar mais o time", disse Pintado, já no vestiário. O treniador pode ir para o São Caetano.   Na próxima rodada, o Santos visita o Sertãozinho, no Frederico Dalmazo, no sábado. No mesmo dia, o Ituano recebe o Juventus, no Novelli Junior.   COMEÇO DIFÍCILO jogo começou com cara de que o Santos ia golear. Logo aos oito minutos, Carleto cruzou da direita, Tripodi ganhou a dividada na área e conseguiu ajeitar para chegada de Molina, que se antecipou ao goleiro Marcelo e empurrou para gol.   Mas o Ituano não queria saber de uma nova derrota e aproveitou o ponto fraco do Santos para empatar. Em uma bobeada de Evaldo, Edmilson roubou a bola pela direita e passou para Alex Afonso. O atacante recebeu na entrada da área, invadiu, deu um corte seco em Betão e bateu no canto, sem chance para Fábio Costa.   O gol de empate abalou o Santos, principalmente o zagueiro Evaldo, que acabou expulso ao 20, logo depois de perder uma bola dominada no meio-de-campo.   SHOW DE MOLINAApesar de ansioso e com um jogador a menos, o Santos continuou dominando o jogo e conseguiu voltar a liderar o placar logo no começo do segundo tempo, curiosamente, aos oito minutos. Molina fez boa jogada pela esquerda, passando pelo marcador e cruzando na medida para Kleber Pereira, que cabeceou firme na segunda trave para fazer.    Santos 4 Fábio Costa; Denis (Anderson Sales), Evaldo     , Betão e Carleto; Marcinho Guerreiro      (Adriano), Rodrigo Souto e Molina; Tripodi (Domingos), Kléber Pereira e Wesley CA Técnico: Emerson Leão  Ituano 1 Marcelo; Anderson Lima, Círio      e Lino (Eder); Moacir      (Vinicius), Almir, Ângelo (Felipe), Lúcio e Ramón; Alex Afonso e Edmilson Técnico: Pintado Gols: Molina, aos 8, e Alex Afonso, aos 18 minutos do primeiro tempo. Kleber Pereira, aos 8, Betão, aos 18, e Kleber Pereira, aos 43 minutos do segundo tempo.Árbitro: José Henrique de CarvalhoRenda: Não disponívelPúblico: 3.293 pagantesEstádio: Vila Belmiro, em Santos (SP) Molina estava mesmo inspirado. Aos 16, ele fez grande jogada pelo meio, se livrou do zagueiro e bateu por cobertura. A bola explodiu na trave, bateu nas costas do goleiro e saiu pela linha de fundo.   Dois minutos mais tarde, novamente o camisa 10 foi fundamental. Foi dele o cruzamento que foi espalmado por Marcelo. Na sobra, Betão chutou de bico para fazer o seu primeiro gol com a camisa do Santos.   Para fechar, aos 43, Molina fez grande passe de primeira e botou Wesley cara a cara com Marcelo. O santista driblou o goleiro, mas se atrapalhou com o zagueiro que vinha na cobertura. A bola espirrou e sobrou para Kleber Pereira, que estufou a rede para decretar a goleada.   VAIAS E APLÁUSOS PARA LEÃO Curiosamente, uma parte da torcida organizada do Santos vaiou o técnico Emerson Leão no final da partida. A vaia foi repudiada pelo restante dos torcedores, que fizeram questão de mostrar o seu apoio ao treinador.

Tudo o que sabemos sobre:
Santos FCPaulistão A-1Ituano

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.