Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Com sombra de Carille no Corinthians, Jair evita coletiva e despista escalação

Atual treinador não falou com os repórteres nesta sexta-feira e trabalhou com os reservas no gramado

João Prata, O Estado de S.Paulo

23 de novembro de 2018 | 21h03

Com a sombra de Fábio Carille no Corinthians, o técnico Jair Ventura não concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira e comandou um trabalho sem dar pistas do time que entrará em campo para enfrentar a Chapecoense no domingo, às 19h, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro

A assessoria do clube informou que não estava programada uma possível entrevista do treinador. Assim, quem foi falou com os repórteres foi o meia Mateus Vital. No gramado, os titulares da derrota para o Atlético-PR (1 a 0) fizeram apenas um aquecimento no campo e depois voltaram para a academia. A tendência é que a equipe tenha duas novidades: o lateral-esquerdo Carlos Augusto e o atacante Romero.

Ambos participaram de toda a atividade no gramado, que contou com treino de finalização e trabalho de ataque contra defesa. Carlos Augusto volta depois de defender a seleção brasileira sub-20, que disputou dois amistosos. O paraguaio estava com a seleção de seu país, que empatou por 1 a 1 amistoso contra a África do Sul.

Jair Ventura tem se esquivado de falar sobre os bastidores do Corinthians, que tratam do possível retorno de Carille. O presidente Andrés Sanchez garantiu que o atual treinador seguirá no cargo até o final do Brasileiro. Em nota, o clube negou que tenha acertado com o técnico que levou o time ao bicampeonato paulista (2017 e 2018) e à taça do Brasileiro do ano passado.

O Corinthians ocupa a 12ª colocação na tabela da competição, com 43 pontos, a cinco de distância do rebaixamento. A tendência é que a equipe entre em campo no domingo com: Cássio; Fagner, Léo Santos, Henrique e Carlos Augusto; Ralf, Thiaguinho e Jadson; Pedrinho, Danilo e Romero.

DESPEDIDA DE DANILO

O Corinthians confirmou nesta sexta-feira que não renovará contrato com o meia-atacante Danilo, de 39 anos. O jogador tinha a intenção de atuar por mais uma temporada, mas não houve acordo. O clube ofereceu um cargo na diretoria e o jogador não respondeu se aceitará.

A assessoria de imprensa informou que o veterano receberá uma homenagem na próxima semana pelos nove anos de Corinthians e os oito títulos conquistados, incluindo a Libertadores e o Mundial, ambos em 2012. Danilo concederá entrevista coletiva na próxima quinta-feira para falar sobre o adeus. 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.