Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Site oficial do Corinthians
Site oficial do Corinthians

Com sombra especial, gramado do Itaquerão passa por nova etapa de renovação

Procedimento deve facilitar e acelerar a germinação da nova grama; Corinthians só jogará em seu estádio em fevereiro

Estadao Conteudo

25 de dezembro de 2017 | 11h10

Em processo de renovação para a temporada 2018, o gramado do Itaquerão entrou em nova etapa de preparação neste domingo. Uma sombra especial foi instalada no local para facilitar e acelerar a germinação da nova grama. Por causa do procedimento, o Corinthians só deve jogar em seu estádio em 2018 no mês de fevereiro.

+ Veja quais mudanças Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo já fizeram para 2018

O processo de renovação teve início na terça-feira da semana passada, três dias após a realização do Monster Jam, maior evento de caminhões monstros do mundo, com carros de até três metros de altura rodando no espaço onde estava instalado o gramado do estádio.

A primeira etapa do trabalho consistiu na raspagem do campo. Na sequência, houve uma "varredura" das fibras para recupera a estrutura sintética. Em seguida, cerca de 100 metros cúbicos de areia foram despejados sobre o local para a preparação da terra.

A nova etapa teve a instalação de uma estrutura de sombreamento, de cerca de 10.000 metros quadrados, e de uma manta de germinação, que são decisivos para o início da germinação das sementes. O procedimento deve durar todo o mês de janeiro.

Pela previsão do clube, o gramado deve estar em condições de receber uma partida em fevereiro. Antes disso, o Corinthians voltará a usar o Pacaembu como seu campo. Lá vai receber Ponte Preta (17/01), Ferroviária (24/01) e o São Paulo (27/01), nas primeiras rodadas do Paulistão.

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansfutebolArena Corinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.