Reuters
Reuters

Com surto de covid-19, clube checo tem só 14 jogadores para duelo da Liga Europa

Slavia Praga terá que apostar em jogadores do time B e dos juniores para ter reservas em jogo contra o Nice

Redação, Estadão Conteúdo

05 de novembro de 2020 | 11h38

O aumento no número de casos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus na Europa tem refletido no futebol. Com um surto de covid-19 em seu elenco, o Slavia Praga, da República Checa, anunciou que terá apenas 14 jogadores disponíveis para a partida contra o Nice, nesta quinta-feira, em Praga, pela terceira rodada do Grupo C da Liga Europa.

O treinador Jindrich Trpisovsky analisou a situação do time para o duelo. "Vamos continuar jogando enquanto tivermos 11 jogadores para colocar em campo. Conseguimos chamar cinco atletas provenientes do time B e da equipe de juniores", afirmou em entrevista coletiva.

O duelo contra o Nice é considerado decisivo para o Slavia Praga, já que o grupo está totalmente embolado após a disputa de duas rodadas. Os quatro clubes estão empatados com três pontos cada: Bayer Leverkusen, da Alemanha, Hapoel Beer Sheva, de Israel, além dos clubes checo e francês.

Na competição, o Slavia Praga estreou com derrota para o Hapoel Beer Sheva, fora de casa, por 3 a 1, e na segunda rodada bateu o Bayer Leverkusen por 1 a 0, na República Checa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.