Daniel Augusto Jr.|Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr.|Ag. Corinthians

Com suspeita de tendinite, Rodriguinho é dúvida no Corinthians

Meia não precisa passar por cirurgia, mas luta contra dores no joelho

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

06 de abril de 2017 | 20h13

Rodriguinho se acostumou a uma triste rotina no CT Joaquim Grava e durante os jogos do Corinthians. Quase que diariamente, ele lida com dores durante as atividades e, muitas vezes, ter que ficar apenas na academia, fazendo fortalecimento muscular para minimizar o sofrimento no joelho esquerdo. Nesta quinta-feira, o jogador contou que existe a suspeita dele estar com tendinite no local.

Nesta quinta, ele não foi para o gramado, mas espera estar em condições de atuar no domingo, contra o Botafogo-SP, pelo Paulista. "Estou bem melhor do que achei que iria ficar depois do jogo. Estou suportando as dores e pretendo treinar para me sentir mais no ritmo. Fiquei um pouco fora por ter parado um certo período. Quero evoluir e fazer de tudo para jogar domingo", disse o meia, que não encarou a equipe de Ribeirão Preto, sábado passado.

Por enquanto, o jogador não passará por intervenção cirúrgica, mas admite que as dores tem afetado seu desempenho nos últimos jogos. "Sei que estou sentindo dores. A princípio fizemos só um exame clínico e eles acham que é uma tendinite, que me incomoda bastante e me limita. Estou fazendo de tudo para que essas dores possam parar e não necessite de cirurgia ou algo que me faça parar mais tempo", explicou.

Outro que luta contra problemas físicos é o meia Jadson. No caso dele, entretanto, a situação parece mais tranquila. Ele reclamou de dores na coxa esquerda diante do Universidad de Chile e foi substituído para evitar maiores problemas. A tendência é que nesta sexta-feira ele vá para o gramado e treine normalmente.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.