Cesar Greco/Agência Palmeiras
Cesar Greco/Agência Palmeiras

Com suspensão de Jailson, Palmeiras vive indefinição no gol para o clássico

Vagner e Vinicius Silvestre disputam a vaga de goleiro para o clássico contra o Santos

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

24 Outubro 2016 | 13h11

O técnico Cuca ainda não definiu o substituto do goleiro Jailson, suspenso para a partida contra o Santos, sábado, na Vila Belmiro, depois de ter levado o terceiro cartão amarelo na vitória sobre o Sport. Teoricamente, o reserva imediato é Vagner, mas Vinicius Silvestre tem se destacado nos treinos. Cuca vai conversar com o preparador de goleiros Oscar Rodriguez.

“Hoje (domingo) ficou no banco o Vinicius. Ele tem treinado bem. Eu, nessa ocasião, escuto muito o preparador de goleiros , que trabalha com eles todos os dias, enquanto eu trabalho com 40 jogadores”, afirmou o treinador.

Embora não tenha ficado nem no banco diante do Sport por causa do revezamento entre os arqueiros, Vagner é o favorito por causa de sua experiência como profissional. Vagner, campeão paulista pelo Ituano, já atuou em quatro partidas. Ele perdeu a posição como substituto de Fernando Prass, que se recupera de cirurgia no ombro, por causa de inúmeras falhas, principalmente nas partidas contra Botafogo e Chapecoense. Jailson aproveitou a chance e teve uma sequência de 14 jogos sem nenhuma derrota.

Vinicius Silvestre tem 22 anos, foi revelado nas categorias de base do Palmeiras e ainda não teve chance de estrear como profissional. De acordo com pessoas próximas à comissão técnica, ele tem treinado bem e, por isso, o técnico Cuca teria implantado o revezamento de goleiros no banco de reservas do Palmeiras.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.