Com técnico novo, Atlético-PR fica no 0 a 0 com Goiás

O treinador Ricardo Drubscky teve uma estreia para esquecer no comando do Atlético-PR. Em jogo de nível muito baixo, o time paranaense empatou sem gols com o Goiás, na tarde deste sábado, no Estádio Gigante do Itiberê, em Paranaguá, pela sexta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

AE, Agência Estado

16 de junho de 2012 | 18h42

Favoritos ao acesso, os dois times não conseguem se aproximar dos líderes da competição e seguem em posições intermediárias na classificação. O Goiás é apenas o 11º colocado, com oito pontos, logo abaixo vem o Atlético-PR, com sete.

Neste sábado, Atlético-PR e Goiás fizeram um primeiro tempo abaixo do esperado, principalmente pelo estado ruim do gramado. Os donos da casa chegavam ao ataque em lances de bola parada em Paulo Baier. Em um destes momentos, Fernandão testou firme, mas acabou errando o alvo. Pelo lado dos visitantes, a aposta era na velocidade de Felipe Amorim e Ricardo Goulart. A dupla levou bastante perigo à defesa atleticana e ao goleiro Weverton, que fazia sua estreia.

Na segunda etapa, a partida caiu ainda mais de produção. As duas equipes tinham grande dificuldade de criar jogadas e as chances de gol ficaram restritas apenas às jogadas de bola parada e chutes de fora da área. Pelo futebol abaixo da expectativa, o Atlético-PR deixou o gramado sob vaias dos mais de dois mil torcedores que compareceram à partida.

Os dois times voltam a campo no próximo sábado, às 16h20. O Atlético-PR encara o Ceará, no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, enquanto o Goiás recebe o Vitória, no Serra Dourada, em Goiânia.

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-PR 0 X 0 GOIÁS

ATLÉTICO-PR - Weverton; Gabriel Marques, Manoel, Cleberson e Heracles; Deivid, Alan Bahia, Harrison (Pablo) e Paulo Baier; Edigar Junio (Ricardinho) e Fernandão (Bruno Furlan). TÉCNICO - Ricardo Drubscky.

GOIÁS - Edson; Vítor, Valmir Lucas, Ernando e Egídio; Thiago Mendes, Amaral, David (Ramon) e Ricardo Goulart (Rychely); Júnior Viçosa e Felipe Amorim (Eduardo Sasha).TÉCNICO - Enderson Moreira.

ÁRBITRO - Wagner dos Magalhães (RJ).

CARTÃO AMARELO - Thiago Mendes, Fernandão, Amaral, Cleberson, Pablo, Vitor.

RENDA - R$ 52.030,00.

PÚBLICO - 2.668 pagantes.

LOCAL - Estádio Estádio Gigante do Iberê, em Paranaguá (PR).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BAtlético-PRGoiás

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.