Taba Benedicto/Estadão
Taba Benedicto/Estadão

Com Tiago Volpi e sem Jean, São Paulo vai promover novos goleiros em 2020

Lucas Perri e Denis Junior são nomes que devem se tornar presentes no banco de reservas

Gonçalo Junior, O Estado de S. Paulo

25 de dezembro de 2019 | 04h32

A contratação definitiva do goleiro Tiago Volpi, feita em clima natalino, nesta terça-feira, mostra um novo cenário para 2019 no gol do São Paulo. Volpi se firma como goleiro titular, sem concorrentes à altura, e o clube deve apostar em garotos da base no início do ano para a disputa do Campeonato Paulista

O clube deve rescindir o contrato de Jean, reserva imediato de Volpi, que está sendo acusado de violência doméstica contra a esposa, Milena Bemfica, durante as férias do casal nos Estados na semana passada. O jogador chegou a ser detido, mas foi solto sem pagamento de fiança. Ele deverá responder ao processo liberdade. O clube aguarda o fim das férias para formalizar a saída do goleiro de 24 anos.

Sem a presença de Jean, o jovem Lucas Perri aparece como o reserva imediato para 2020. Revelado nas categorias de base, o atleta sempre foi uma das opções da diretoria para uma possível negociação com o exterior. Ele chegou a ficar emprestado ao Crystal Palace, da Inglaterra, mas não se firmou.

O jovem Denis Junior, quarto goleiro do elenco em 2019, pode subir uma posição e se tornar a terceira opção. O jogador conquistou vários títulos nas categorias de base, mas ainda não estreou entre os profissionais. Ele tem 21 anos.

O São Paulo anunciou nesta terça-feira, véspera de Natal, a contratação definitiva do goleiro Tiago Volpi. O atleta estava emprestado pelo Querétaro, do México, por US$ 5 milhões (cerca de R$ 21 milhões). O contrato é válido até 2023.

Volpi se firmou no time depois de vários outros goleiros deixarem a desejar. Foi o primeiro a ganhar posição desde a saída de Rogério Ceni. Volpi foi um dos grandes destaques da temporada, principalmente na classificação do time à Libertadores em função da sexta posição no Campeonato Brasileiro.  Além de boa qualidade técnica, o jogador conquistou a confiança da diretoria e da comissão técnica pela dedicação nos treinos e espírito de liderança.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.