Facundo Arrizabalaga/EFE
Facundo Arrizabalaga/EFE

Com time completo, Croácia faz último treino antes da final da Copa

Zlatko Dalic comanda movimentação tranquila para poupar time que mais correu no Mundial até aqui

Gonçalo Junior, enviado especial / Moscou, O Estado de S.Paulo

14 de julho de 2018 | 13h34

A Croácia realizou neste sábado, em Moscou, o último treino antes da final da Copa do Mundo. Nos 15 minutos abertos à imprensa, logo no início da atividade, o técnico Zlakto Dalic mostrou que terá todo o time à disposição para a decisão contra a França às 12 horas (horário de Brasília) deste domingo. O atacante Mario Mandzukic, autor do gol que garantiu a vaga na final no último jogo, diante da Inglaterra, mostrou habilidade e descontração brincando com a bola. O treinador reservou parte do tempo para uma conversa com os jogadores.

+ Técnico da Croácia minimiza problemas físicos e garante time preparado para a final

+ Após êxito na Copa, Rússia já pensa em sediar os Jogos Olímpicos

+ Rússia garante que não vai repetir os problemas do Brasil com 'elefantes brancos'

De acordo com a comissão técnica, os últimos treinos têm sido apenas de recuperação em função do desgaste das partidas. Antes do treino, o treinador minimizou os problemas físicos da Croácia após a disputa de três prorrogações.

"Temos pequenos problemas de lesão, mas é uma final da Copa do Mundo. Todos os jogadores estão prontos para se superar. Eles me disseram que estão prontos e que não estão cansados. Tenho certeza de que nenhum vai dizer que não está pronto para disputar a final", disse o treinador em entrevista coletiva neste sábado em Moscou. "Se houver problemas, temos um bom banco de reservas", completou.

 

Considerando-se o número de minutos jogados, a Croácia jogou uma partida a mais que a França, que venceu todos os seus jogos no tempo normal. Além disso, a França teve um dia a mais de descanso e pôde poupar seis titulares na terceira rodada da fase de grupos, pois a equipe já estava classificada por antecipação às oitavas de final.

Modric é o atleta que percorreu a maior distância até agora na Copa: 63km. Os companheiros Rakitic (62,8km) e Perisic (62,4km) aparecem entre os cinco campeões em percurso percorrido neste Mundial. Completam a lista o francês Kanté (62,6km) e o russo Zobnin, o segundo colocado na lista: 62,9km.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.